Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Vendas do Grupo VW crescem 3% em julho

China e EUA salvam números frente à crise europeia

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 12h38 - Publicado em 16 ago 2013, 13h26
mercado

O Grupo Volkswagen teve um aumento de 3% em suas vendas globais no mês de julho, o menor crescimento mensal do conglomerado desde março. A alta demanda por veículos das marcas do grupo na China e nos Estados Unidos compensaram a crise na Europa.

“A tendência positiva nas vendas do Grupo Volkswagen continua no início do segundo semestre, apesar das condições em alguns mercados serem extremamente desafiadoras”, declarou o chefe de vendas da empresa, Christian Klingler.

Ao longo de julho, as vendas globais cresceram 19% na China, chegando a 1,79 milhão de unidades no maior mercado de automóveis do mundo – e o principal para a Volkswagen também. Nos EUA, o crescimento foi de 10%, atingindo 356.800 unidades.

Já na Europa houve queda de 3% nas vendas, totalizando 2,16 milhões de automóveis. O declínio foi de 3%, tanto na parte oriental quanto na ocidental da Europa. Na Alemanha, os resultados tiveram queda de 4%, computando 678.900 unidades.

A Volkswagen pretende chegar à marca de 10 milhões de unidades por volta de 2018. No ano passado, o grupo vendeu 9,07 milhões de unidades, ficando atrás de General Motors (9,29 milhões de unidades) e da líder Toyota (9,75 milhões de veículos comercializados).

Continua após a publicidade

Publicidade