Clique e assine por apenas 8,90/mês

Vendas de importados caem 40,3% em março

Queda no trimestre chega a 31,7% frente ao ano passado

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 9 nov 2016, 12h22 - Publicado em 15 abr 2013, 18h29
mercado

A venda das importadoras de veículos filiadas à Abeiva tiveram queda de 40,3% em março de 2013. Foram comercializadas 8.161 unidades, frente 13.663 veículos no mesmo mês de 2012, segundo informou a própria associação nesta segunda-feira, 15 de abril. No primeiro trimestre deste ano, a Abeiva já acumula queda de 31,7%, com 21.217 unidades vendidas nos três primeiros meses de 2013, contra 35.460 unidades no mesmo período de 2012.

“A queda nesses primeiros três meses do ano foi mais intensa do que poderíamos esperar. No entanto, estamos confiantes de que o volume deverá melhorar, principalmente no segundo semestre do ano, quando as empresas que confirmaram produção no Brasil poderão se habilitar a uma cota adicional”, afirmou o presidente da Abeiva, Flavio Padovan.

Comparando os resultados de março e fevereiro deste ano, houve uma alta de 12,1% nas vendas, justificada pelo fato do segundo mês do ano ter menos dias úteis do que março. Apesar disso, a participação de mercado das importadoras sem fábrica no país caiu de 3,27% para 3,04%. A queda é ainda maior em comparação a março de 2012, quando as filiadas à Abeiva tinham 4,81%.

Do total de 159.004 veículos importados para o Brasil, as associadas da Abeiva responderam por aproximadamente 15% no resultado acumulado de janeiro a março de 2013, totalizando 23.530 unidades vendidas. Os 85% restantes ficaram nas mãos das montadoras “locais”, ou seja, com fábricas produzindo automóveis no país.

Publicidade