Vendas caem 8,06% em novembro, diz Fenabrave

Fiat lidera e VW retoma segundo lugar mensal; Golf lidera entre médios

fabricantes fabricantes

fabricantes (/)

Os emplacamentos de automóveis de passeio e comerciais leves tiveram queda de 8,06% em novembro, comparando com os resultados do mês anterior. Foram 288.221 unidades vendidas, sendo 223.050 de automóveis de passeio e 65.171 de comerciais leves.

Os números foram liberados pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Em outubro haviam sido emplacadas 313.488 unidades. Comparando com os resultados de novembro de 2012, o declínio é de 2,95%. Na ocasião, 232.473 automóveis de passeio e 64.524 comerciais leves foram vendidos.

A Fiat fechou o 11º mês do ano na liderança entre os automóveis e comerciais leves, com 20,72% do mercado. A VW recuperou o segundo lugar perdido para a GM em outubro, com 18,24%. A marca norte-americana foi a terceira no número de emplacamentos (17,85%), com Ford (9,22%), Renault (7,2%), Hyundai (6,6%), Toyota (5,17%) e Honda (4,26%) nas posições seguintes. No resultado acumulado, as posições são as mesmas, com Fiat (21,54%), VW (18,68%), GM (18,16%), Ford (9,37%) e Renault (6,5%) no top 5.

Gol cai, mas sustenta liderança; Golf também lidera

Nem a queda nas vendas em novembro abalou o Gol. Com 20.363 unidades emplacadas, ele sustentou a primeira colocação, abrindo uma confortável vantagem de quase 60 mil veículos para o vice-líder Fiat Uno – que emplacou 15.854 unidades em novembro. O Palio também viu suas vendas crescerem, mas permaneceu no terceiro lugar, tanto no ranking mensal quanto no acumulado (de janeiro a novembro). Ford Fiesta (somando as vendas de Fiesta Rocam e New Fiesta), Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Renault Sandero, VW Fox/CrossFox e Chevrolet Prisma formam o grupo dos dez mais vendidos no mês.

Entre os hatches médios, o novo VW Golf assumiu a liderança mensal da categoria com 2.034 unidades emplacadas – equivocadamente, a Fenabrave classifica o Fiat Punto neste segmento, enquanto seus rivais diretos do hatch italiano estão todos em outro segmento.

Já nos sedãs compactos, o Renault Logan apresentou queda nos emplacamentos. O declínio se justifica pela chegada da nova geração, que findou os estoques do modelo antigo e pode ter feito possíveis consumidores aguardarem pelo lançamento do carro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s