Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Toyota terá motores híbridos flex e baterias nacionais a partir de 2026

Dos R$ 11 bi que a montadora, R$ 5 bi serão utilizados para expandir e iniciar a produção de híbridos e baterias na fábrica de Sorocaba (SP)

Por João Vitor Ferreira
6 jun 2024, 14h00

Em março, a Toyota anunciou um investimento de R$ 11 bilhões no Brasil dizendo que ele seria usado para o lançamento de novos modelos no Brasil. Agora, cerca de dois meses depois, temos mais informções de como esse montante será usado.

De acordo com a montadora, R$ 5 bilhões serão destinados para a construção de uma nova fábrica de veículos em Sorocaba, no interior de São Paulo, dentro do complexo já existente onde são produzidos os modelos Corolla Cross e o Yaris hatch. Com o investimento, a Toyota afirma que irá aumentar a capacidade de produção, que atualmente é de 170 mil carros por ano, em até 50%.

“O projeto Sorocaba 2 termina em 2026. Vamos praticamente espelhar a planta”, disse o presidente da Toyota no Brasil, Evandro Maggio, em entrevista aos jornalistas.

A expansão tem como um dos objetivos a transferência da produção do Corolla sedan, que atualmente é montado em Indaiatuba, a cerca de 50 km de distância de Sorocaba, e que tem capacidade de produção anual de 76.000 veículos. Durante o processo de mudança, que deve durar até 2026, o modelo será produzido nas duas plantas simultaneamente.

Continua após a publicidade
Toyota EPU Concept
Picape híbrida flex pode estar entre os modelos que serão lançados a partir de 2026, já que a Toyota ainda não atua no segmento das picapes intermediárias (Divulgação/Toyota)

Com o projeto Sorocaba 2, a fábrica paulista também será capaz de produzir motores híbridos flex e montar suas próprias baterias. Com isso, está quase certo que a montadora colocará em prática alguns de seus projetos, como a picape híbrida flex feita baseada na plataforma Corolla Cross e o trem de força híbrido plug-in, que já está em testes no Brasil.

Vale ressaltar que, atualmente, as mecânicas híbridas da dupla Corolla chegam por importação e são apenas montadas nos carros fabricados no Brasil. Apenas os motores 1.5 e 2.0 flex são, de fato, fabricados no Brasil, em Porto Feliz (SP).

Sobre novos lançamentos, a Toyota ainda não dá nomes, mas afirma que o próximo híbrido chegará já no ano que vem. “Uma parte vai para nosso compacto híbrido. Estamos com ele no ‘pipeline’ para o ano que vem. Tem outro veículo também que está em desenvolvimento, exclusivo para a região (da América Latina)”, disse Maggio.

Continua após a publicidade
Toyota Corolla Altis Premium Hybrid 2024
Toyota Corolla mudará sua produção de Indaiatuba para Sorocaba com a expansão da fábrica (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Para os R$ 6 bilhões restantes, a Toyota estuda usá-los para lançar uma nova gama de modelos, que devem ser lançados a partir de 2026, após o fim do projeto Sorocaba 2. Segundo o presidente, essa nova leva de lançamentos colocará a montadora em segmentos que ela ainda não atua no mercado nacional.

Sobre a desativação da fábrica de Indaiatuba, o presidente foi questionado se existe a possibilidade dela ser vendida para alguma montadora chinesa. Maggio respondeu dizendo que, por enquanto, esse não é o foco, mas a possibilidade de vender a unidade não está descartada.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.