Toyota revela C-HR e surpreende com motorização híbrida

O modelo é a resposta, mesmo que tardia, da Toyota para o crescente segmento que abriga nomes como HR-V, Renegade, EcoSport e Tracker

Toyota C-HRVisual ousado com grande profusão de vincos e volumes é a marca do Toyota C-HR

Visual ousado com grande profusão de vincos e volumes é a marca do Toyota C-HR (/)

Quase uma semana após ter suas primeiras imagens vazadas na web, o Toyota C-HR foi apresentado oficialmente em Genebra. Com visual ousado, é o primeiro SUV compacto a dispor de uma configuração mecânica híbrida, e tem grandes chances de chegar ao Brasil até o próximo ano para brigar com Honda HR-V, Jeep Renegade e Ford EcoSport. A produção nacional, porém, é incerta. 

O desenho do C-HR parece ousado até demais para um Toyota, conhecida pelo visual, digamos, antiquado de seus modelos. As linhas do modelo se mantiveram quase que fiéis às do conceito homônimo apresentado em Frankfurt no ano passado. A dianteira tem faróis que se estendem até o centro, próximo do logo da Toyota, e para as laterais, enquanto a traseira tem lanternas saltadas, como no novo Prius. De lado, as maçanetas das portas traseiras ficam camufladas nas colunas traseiras (alguém pensou no HR-V?). O destaque estilístico do C-HR fica para a grande profusão de vincos e volumes da carroceria. O interior não foi revelado.

Toyota C-HRModelo é o primeiro híbrido entre os SUVs compactos, segmento que inclui Renegade, HR-V e EcoSport

Modelo é o primeiro híbrido entre os SUVs compactos, segmento que inclui Renegade, HR-V e EcoSport (/)

Mais do que a aparência futurista e agressiva, o modelo será o primeiro SUV compacto do mercado mundial a ter um conjunto de motorização híbrido. Por ser construído sobre a plataforma TNGA, a mesma do novo Prius, o C-HR poderá ser equipado com um motor 1.8 de 122 cv ligado a um elétrico. Outras opções incluem um 1.2 turbo a gasolina e um 2.0 aspirado. A transmissão será manual ou CVT. Para o Brasil, onde o modelo tem tudo para ser sucesso de vendas, deverão ser oferecidos motores 1.8 e 2.0, também com transmissão manual e CVT.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s