Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Toyota Century vira SUV V6 híbrido para agradar a realeza japonesa

Rolls-Royce japonês, o Toyota Century ganha inédita versão SUV igualmente luxuosa com detalhes feitos a mão e poltrona que reclina totalmente

Por João Vitor Ferreira
Atualizado em 6 set 2023, 18h55 - Publicado em 6 set 2023, 18h54

No Japão, o Toyota Century tem status de Rolls-Royce. Nasceu sedã e foi pensado justamente para substituir os carros ultraluxuosos ocidentais e se tornou o carro do imperador japonês. Não à toa, carrega uma fênix em sua grade, símbolo da família imperial japonesa. E isso não mudou em sua transformação em SUV.

Para o século XXI — com mais de 20 anos de atraso —  a Toyota revolucionou o seu carro mais luxuoso, transformando-o em um SUV. Para quem gosta do sedan, não se preocupe, pois ele seguirá a venda.

Toyota Century
(Divulgação/Toyota)

O Toyota Century SUV segue a mesma identidade visual: tem linhas bem quadradas, com direito a faróis e lanternas também quadrados. Já a grade dianteira, como dito, ostenta a fênix imperial no centro e traz detalhes em forma de favo de mel para substituir as barras verticais do sedã. Outros detalhes que ajudam a reforçar o design vintage são os para-choques robustos e as rodas raiadas.

Toyota Century
(Divulgação/Toyota)

Por ser um SUV, logo imagina-se que seja maior que o sedã, mas na verdade é o contrário: tem 5,20 m de comprimento, contra 5,35 do três-volumes, enquanto o entre-eixos é 14 cm menor, medindo 3,95 m. Ou seja, há menos espaço na cabine, na teoria.

Continua após a publicidade

Para contornar isso, o SUV pode levar quatro passageiros, enquanto o sedã está configurado para cinco pessoas. Isso ajuda a dar mais espaço, aos ocupantes da segunda fileira, afinal, é lá onde o verdadeiro dono do carro costuma sentar.

Toyota Century
Múltiplas cores de carroceria é algo que não é comum para sedã, mas será adotado no SUV (Divulgação/Toyota)
Quem viaja atrás terá diversos itens para o seu conforto, como massageador, apoio para os pés, regulagem elétrica do banco e sistema de climatização para os bancos. Para aumentar o relaxamento, os passageiros podem reclinar as poltronas totalmente, enquanto ouvem sua música favorita em um sistema de som com 18 alto-falantes feito com técnicas de um “mestre na fabricação de instrumentos musicais”. E não se preocupe com qualquer som indesejável, pois um vidro laminado transparente com redução de ruído foi usado para separar a cabine do porta-malas.

Toyota Century
A fênix é o símbolo da família real japonesa e esculpida a mão para o Century (Divulgação/Toyota)

E as regalias não param por aí. Na segunda fileira você ainda encontra telas de 11,6’’ montadas nos encostos de cabeça, mesas giratórias retráteis, dois painéis de controle touchscreen removíveis de 5,5’’, iluminação ambiente em LED e até uma geladeira.

Compartilhe essa matéria via:

Para facilitar a entrada da “realeza”, as portas abrem em um ângulo de 75° e um degrau elétrico surge quando ela é aberta. Já o banco do passageiro dianteiro, pode ser empurrado para frente até encostar no painel, para aumentar o espaço de quem vai no “assento principal”.

Toyota Century
(Divulgação/Toyota)

A Toyota chama atenção para todo o acabamento feito manualmente pelos seus artesãos, tanto no interior como por fora. Na carroceria, o que se destaca é o processo chamado de “kichomen”, feito com total delicadeza para alcançar a perfeição nos mínimos detalhes.

Continua após a publicidade

Toyota Century

Apesar de não ser o foco, o Century recebe um conjunto mecânico interessante. Assim como o sedã, o SUV também será híbrido plug-in, mas com motor V6 3.5 em vez do V8 5.0. Ele atuará com o auxílio de um motor elétrico e juntos entregam 411 cv, segundo a Toyota. O câmbio é do tipo CVT e distribui a potência nas quatro rodas. Essa é a mesma motorização usada no Lexus TX 550h+.

Toyota Century

Continua após a publicidade

Na cidade, o motor elétrico pode empurrar o carro sozinho, favorecendo o conforto e a diminuição de ruído, enquanto o motor a combustão atua nas estradas, onde a velocidade é mais alta. O Century SUV é feito sobre a famosa arquitetura TNGA, que recebeu reforços para aumentar o conforto e a rigidez torcional. Há também o exclusivo modo Rear Comfort, que auxilia no controle de frenagem para suprimir solavancos quando o veículo para.

Toyota Century
(Divulgação/Toyota)

O Century será vendido exclusivamente no Japão e terá, em um futuro próximo, mais opções de cores para a carroceria e interior, o que era bem raro no caso do sedã. Seu preço será de 25.000.000 de ienes, algo em torno de R$ 842.400, e cada concessionária selecionada terá um time de vendedores e engenheiros, chamados “Meisters”, exclusivo para atender aos compradores da linha Century.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.