Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Seguradora devolve até 50% da apólice para quem não bater o carro

Segurados podem receber de volta uma parte do dinheiro pago na contratação do serviço após 12 meses de participação em grupos exclusivos

Por Isadora Carvalho Atualizado em 30 nov 2017, 14h34 - Publicado em 19 jul 2017, 20h02
Renato Bacci/Quatro Rodas

Seguradoras são uma espécie de mal necessário no universo automotivo. Ruim com elas, pior sem. E vida que segue.

A startup Youse está chegando ao mercado com algumas propostas diferentes. Uma delas é devolver ao cliente uma parte do valor da apólice, caso não haja sinistros. Ou seja, se você não bater o carro, uma parte do dinheiro pago volta para o bolso do dono.

Outra novidade do serviço: não é necessário ter corretor. O serviço é todo online, então a Youse promete simplificar a parte burocrática.

Para aderir ao programa de recompensas “Youse Friends”, é necessário que os clientes interessados formem grupo – a partir de duas pessoas já está valendo.

Funciona assim: cada segurado do grupo para um valor de mensalidade, como R$ 100, por exemplo. Se o grupo tiver 20 pessoas, são R$ 2.000 levantados todo mês. Metade desse valor fica sob a guarda da Youse.

Ao final do ano, se nenhum dos participantes tiver se envolvido em sinistros, cada um dos integrantes recebe de volta R$ 600.

Esse sistema, conhecido por “cashback”, já está funcionando em um modelo piloto desde abril. Segundo a empresa, já existem cerca de 3.000 grupos – a maioria formados por duas ou três pessoas.

Continua após a publicidade

“Nossa principal intenção com o programa é fomentar as boas atitudes no trânsito e a economia colaborativa”, diz Patrick Larnaudie, gerente de novos negócios da Youse.

Como funciona

Quanto mais gente reunida, maior é a fatia que a empresa coloca no “cofrinho”. Para duas pessoas, a parcela é de 5%; para três, de 10%, e assim por diante, até chegar ao máximo de 50% para as equipes com 20 ou mais pessoas.

Ao final de 12 meses, se ninguém acionar o seguro, cada um recebe a sua parte proporcional na quantia acumulada.

Se alguns seguros forem acionados, mas ainda sobrar dinheiro no caixa do grupo, o pagamento é feito de forma proporcional. Caso o saldo seja zero, ou negativo, ninguém recebe estornos.

De acordo com a empresa, a adesão ao programa é gratuita e os seguros continuam sendo individuais. Em caso de sinistro, o pagamento da franquia fica por conta de cada segurado e não é abatido da reserva.

Diferenciais do seguro online

O seguro online se diferencia dos seguros tradicionais em alguns aspectos. O primeiro é a forma de pagamento: a assinatura mensal é debitada no cartão de crédito.

Também há possibilidade de fazer personalizações da abrangência do serviço. O consumidor pode escolher, por exemplo, se prefere cobertura apenas para colisões de pequena monta ou casos de perda total.

É possível incluir proteção para outros tipo de danos materiais, cobertura de terceiros e até gastos hospitalares. A customização pode tornar os valores mais atrativos do que a média do mercado.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade