Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Russos usam tanque de 1.146 cv e até Smart para tomar a Ucrânia

Em batalha pela usina hidrelétrica de Kakhovka, artefato soviético foi uma das bizarrices flagradas, assim como o Smart ForTwo das forças invasoras

Por Eduardo Passos 25 fev 2022, 12h49

“Amadores falam de táticas, profissionais falam de logística”. Tal ditado militar ajuda a definir a importância dos transportes na guerra, e na invasão da Ucrânia não vem sendo diferente.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Em meio a uma das mais intensas batalhas até agora, entretanto, um tanque russo chamou atenção por um detalhe insólito: a bandeira da União Soviética hasteada por seus ocupantes. O fato foi gravado por uma webcam à beira da estrada por onde o comboio invasor seguia na manhã de sexta-feira (25), madrugada no Brasil.

Guerra digital (mas nem tanto)

A guerra que se desenrola na Ucrânia vem mostrando novas tendências de combate, com digital e físico se misturando. É o caso da rede de webcams espalhadas pelo país europeu, que documenta em tempo real detalhes do conflito.

Bandeira comunista é especulada como provocação ou mero ato político por parte da tripulação do blindado
Bandeira comunista é especulada como provocação ou mero ato político por parte da tripulação do blindado Reprodução/Internet

Uma delas está situada no pequeno mercado Mayak (mapa abaixo), na cidade de Nova Kakhovka, e registrou o “ressurgimento” soviético em conflito. O cruzamento rodoviário concentra forte embate pelo domínio da hidrelétrica vizinha, sobre o rio Dniepre — grosso modo, o Amazonas ucraniano.

Com o Dniepre cortando boa parte do território invadido pelas tropas de Moscou, a Ucrânia iniciou uma tática antiga, destruindo pontes para atrasar o avanço logístico. A ponte da hidrelétrica de Kakhovka, entretanto, é quase um coringa, já que destruí-la poderia provocar alagamentos e desabastecimento elétrico às forças defensoras.

Continua após a publicidade

Não surpreende que a Rússia tenha enviado o protagonista entre seus tanques, o longevo T-72 que, nas fotos corresponde especificamente ao T-72B3. Lançada em 2016, essa versão traz atualizações importantes, como o poderoso motor 38.8 turbodiesel V-92S2F, com 1.146 cv.

Chumbo grosso

Pelas imagens, é possível constatar que o T-72B3 carrega pacotes brancos ao redor de sua saia lateral. Eles correspondem a blindagens reativas (ERAs), que geram uma explosão contrária quando atingidas por mísseis antitanque e outros projéteis.

Após o combate pela usina hidrelétrica, tanque
Após o combate pela usina hidrelétrica, tanque “soviético” apareceu avariado Reprodução/Internet

Pouco depois, a mesma unidade do T-72B3 foi capturada, retornando da batalha da UHE de Kakhovka após a momentânea vitória russa. Sem nenhum ERA aparente, é possível inferir que o tanque sobreviveu a intenso ataque ucraniano, ainda que a bandeira da União Soviética tenha sumido.

Smart ForTwo de guerra

Mas as bizarrices não se limitaram à bandeira da URSS, e um Smart ForTwo em luta pela Rússia também foi capturado pela câmera no mercado Mayak, ainda que alguns contestem a veracidade das imagens.

Carrinho europeu pode ter sido usado por colaboradores ou russos disfarçados de civis
Carrinho europeu pode ter sido usado por colaboradores ou russos disfarçados de civis Reprodução/Internet

Pelo dia ensolarado, supõe-se que o carrinho tenha seguido rumo à represa na quinta-feira (24). A letra “Z” pintada em sua porta vem sendo utilizada exclusivamente por veículos militares russos e, segundo especulações, o ForTwo poderia pertencer a colaboradores ucranianos.

Outra possibilidade é seu uso por sabotadores russos, infiltrados em meio a civis ucranianos e que, no decorrer do combate, assumiram a real identidade ao grafar a letra branca.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 754 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 754 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês