Review: Forza 6 se aproxima ainda mais da realidade

Microsoft lança novo game de Xbox com 460 carros, 26 pistas e tecnologia que muda a dirigibilidade do carro em pista molhada

geral geral

geral (/)

A Microsoft liberou para download a versão demo do jogo Forza 6, anunciado como o simulador de corridas mais realista já feito na história dos videogames. O novo jogo da franquia mais que dobrou a quantidade de carros disponíveis na versão anterior – agora são 460 modelos distintos. Ainda é um número pequeno, se comparado ao Gran Turismo (game do PlayStation e maior rival do Xbox), mas a produção do estúdio Turn 10 é hollywoodiana.

Além de reproduzir com extremo realismo cada parafuso visível dos carros, os produtores capricharam nos detalhes do interior, incluindo o painel e quadro de instrumentos. Até a posição das luzes de seta, os relógios digitais e computadores de bordo são replicados com exatidão.

QUATRO RODAS teve a oportunidade de experimentar o Forza Motorsport 6 no modo carreira, em que o jogador precisa conquistar vitórias e acumular experiência para comprar carros e, assim, abrir pistas e campeonatos. O jogo começa em grande estilo, com o gamer a bordo de um Ford GT 2017 – o supercarro americano que faz uma nova leitura do clássico dos anos 60.

Nos últimos anos os jogos de corrida têm conquistado a atenção das montadoras. E a Ford decidiu divulgar o novo GT virtualmente, juntamente com a apresentação do Forza, realizada durante o Salão de Detroit deste ano. Até hoje o modelo de verdade ainda não começou a ser vendido, mas é possível dirigir o bólido em 26 pistas ao redor do mundo. Algumas são fictícias, como a do Rio de Janeiro – na verdade, um mapa que só reproduz as belas paisagens da cidade carioca -, e outras são traçados reais, como os desafiadores Nürburgring e SPA Francorchamps.

forza6_launchpreview_05_wm.jpeg forza6_launchpreview_05_wm.jpeg

forza6_launchpreview_05_wm.jpeg (/)

Porém, não só os circuitos são reproduzidos com fidelidade. O estúdio Turn 10 levou ao Forza 6 uma nova tecnologia de interação com o ambiente. O comportamento dos veículos é alterado de acordo com o tipo de asfalto e até com o clima. A chuva não tem só efeito estético. Dirigir no molhado incorre em perda de aderência e as poças são capazes de provocar aquaplanagem – situação em que os pneus perdem contato com o solo e o carro plana sobre uma camada de água entre a borracha e o asfalto.

forza6_launchpreview_02_wm.jpeg forza6_launchpreview_02_wm.jpeg

forza6_launchpreview_02_wm.jpeg (/)

Dependendo da forma como o jogador guia, os pneus podem superaquecer, comprometendo a tração e a estabilidade, assim como colisões também influenciam a dirigibilidade. Durante o teste com um Alfa Romeo Giulia, uma batida forte comprometeu o eixo dianteiro e direção começou a “puxar” para a esquerda.

Pela internet, é possível disputar provas com até 24 participantes. Mas o jogador também pode competir com amigos ainda que não haja conexão. Os usuários podem baixar perfis de pilotos-avatares que reproduzem as características de cada piloto. Dessa forma, dois jogadores podem participar das mesmas competições em momentos distintos.

forza6-e3-presskit-04-wm-jpg.jpeg forza6-e3-presskit-04-wm-jpg.jpeg

forza6-e3-presskit-04-wm-jpg.jpeg (/)

Adeptos da customização também são bem atendidos, pois o Forza 6 permite a modificação de componentes mecânicos e visuais dos carros. Além de substituir peças, o jogador pode interferir na calibragem do motor, no setup de suspensão e até no alinhamento das rodas.

O lançamento mundial da versão integral está programado para o dia 15 de setembro. No Brasil, o preço oficial do Forza 6 ainda não foi divulgado. Nos Estados Unidos, custa de US$ 60 a US$ 100.

Leia mais:

– Need for Speed: a cultura automotiva chega aos videogames

– Reportagem: a febre noturna dos games de corrida

– Top 20: o games automotivos mais legais de todos os tempos

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s