Fiat voltará a fabricar o Uno Turbo

Segundo o site Autos Segredos, o retorno da versão sobrealimentada ocorrerá na troca de geração do hatch

Modelo turbinado retornará após mais de três décadas de sua estreia no mercado

Modelo turbinado retornará após mais de três décadas de sua estreia no mercado (Divulgação/Fiat)

Fãs dos modelos clássicos da Fiat ganharam uma boa notícia nesta terça (06). Segundo o site Autos Segredos, o Fiat Uno voltará a ter uma versão turbo no catálogo.

O motor que alimentará o esportivo modelo será a versão sobrealimentada do 1.0 três-cilindros da família Firefly. O conjunto irá estrear na terceira geração do hatch, que terá a mesma arquitetura usada no Argo. Seu lançamento está previsto para 2020.

Motor 1.0 Firefly rende 77 cv e 10,9 mkgf Motor da família Firefly será atualizado para ficar mais potente e econômico

Motor da família Firefly será atualizado para ficar mais potente e econômico (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Além do turbo, o motor terá um novo cabeçote com quatro válvulas por cilindro com variação de fase e injeção direta. Atualmente o 1.0 tricilíndrico da FCA é o único do mercado a ter somente seis válvulas.

O foco da marca não será tanto no desempenho, e sim, na eficiência energética. A expectativa, no entanto, é que o conjunto, dependendo do modelo em que for aplicado, possa superar os 120 cv com etanol – tal qual ocorre com o Polo e Golf 1.0 TSI.

A atual geração do Uno foi lançada em 2010, com motores 1.0 e 1.4 de quatro cilindros

A atual geração do Uno foi lançada em 2010, com motores 1.0 e 1.4 de quatro cilindros (Divulgação/Fiat)

De acordo com o jornalista Marlos Ney Vidal, o novo Uno será o primeiro da próxima onda de lançamentos que a Fiat promoverá nos próximos anos. Logo após o hatch virão as novas gerações da Strada, Fiorino, Argo, Cronos e Mobi.

A Strada ainda usa a mesma plataforma desde seu lançamento, derivada do Palio de 1996

A Strada ainda usa a mesma plataforma desde seu lançamento, derivada do Palio de 1996 (Divulgação/Fiat)

A picape outrora derivada do Palio ainda passará por uma reestilização. A segunda geração da Strada só irá substituir o modelo atual (cuja base data de 1996) em 2021. Suas especificações técnicas ainda são um mistério, mas é certa a adoção dos motores Firefly.

O sucesso de vendas da Fiorino convenceu o comando da FCA a desenvolver a terceira geração do utilitário

O sucesso de vendas da Fiorino convenceu o comando da FCA a desenvolver a terceira geração do utilitário (Divulgação/Fiat)

Em seguida virá outro utilitário, a Fiorino. O furgão chega em 2023 e deve manter o compartilhamento de peças com o Uno, que a esta altura já estará em sua nova geração.

A próxima geração do Argo já está confirmada, ao contrário de seu nome

A próxima geração do Argo já está confirmada, ao contrário de seu nome (Divulgação/Fiat)

O novo Argo – ou seu sucessor, já que não é certa a manutenção do nome – chega em 2023. Antes disso, porém, o hatch passará a usar os motores Firefly Turbo, que irão equipar o modelo em sua primeira reestilização, estimada para 2020.

Antes de trocar de plataforma, o Mobi ganhará um tapa no visual, que pode tornar seu desenho menos controverso

Antes de trocar de plataforma, o Mobi ganhará um tapa no visual, que pode tornar seu desenho menos controverso (Divulgação/Fiat)

O pacote de atualizações atual se encerra em 2024, com as novas gerações de Cronos e Mobi. O sedã que sequer foi lançado no Brasil acompanhará as mudanças visuais e mecânicas do Argo. Já o subcompacto, que será reestilizado em 2020, também poderá mudar de nome.

Os mesmos fãs da Fiat devem ter notado a ausência da Doblò, Weekend e Grand Siena desse pacote de novidades. Sem sucessor no horizonte, tanto o monovolume quanto a perua não terão continuidade e vão sair de linha. Já o sedã compacto ainda pode ganhar uma sobrevida até 2020 caso continue bem nas vendas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Turbo em 2020? Acho que já sera meio tarde.

  2. Dercy Experience

    A próxima geração da Fiorino não será a terceira, mas sim a quarta.

  3. Sergio Calixto

    FIAT TA PERDENDO MTO MERCADO DO JEITO QUE VAI IRA FALIR SÓ CARROS FEIOS CADE OS DESIGNER ITALIANOS . ACORDA FIAT.

  4. Claudionor Nepomuceno

    Uma Pena a Fiat não investir em uma nova perua derivada do argo. Não da pra entender essa preferencia do brasileiro pelos sedãs. Como carro familiar a peruas são muito mais versáteis.

  5. Cláudio Carneiro Costa Vaz

    A FCA acabar com a Chrysler ????? Impossível !!!!!!!!