Responsáveis por morte de casal em racha em MG são condenados a 14 anos de prisão

Daniel Cordeiro Leite e Rodrigo Fernando Aguiar deverão cumprir pena em regime fechado; defesa recorrerá

geral geral

geral (/)

Acusados de terem provocado a morte do casal Milton Librelon, 70, e Wanita Librelon, 69, em acidente ocorrido durante um racha em Montes Claros (MG) em 2004, Daniel Cordeiro Leite, 32, e Rodrigo Fernando Aguiar, 29, foram condenados a 14 anos e oito meses de prisão em regime fechado. A defesa afirmou que recorrerá à decisão.

O casal Librelon, juntamente com três familiares, passava por um cruzamento de duas avenidas na cidade mineira em um Santana quando foi atingido fortemente por um Passat e um Renault dirigidos por Leite e Aguiar, causando a morte do casal e ferimentos aos outros ocupantes do veículo.

Segundo as investigações, os carros dos acusados estavam turbinados para a realização de rachas na cidade. Os réus confirmaram que estavam em alta velocidade, porém, negaram a prática de racha. O julgamento terminou na última sexta-feira e teve a duração de aproximadamente 17 horas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s