Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Racks para bicicletas normais não suportam o peso das bike elétricas

Crash-tests feitos na Alemanha mostram o quão perigoso pode ser transportar e-bikes pesadas em suportes converncionais

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 14h40 - Publicado em 14 set 2015, 17h38
seguranca

Ecologicamente corretas, as bicicletas elétricas são muito valorizadas pelo público urbano mais antenado. Na hora de transportá-las no carro, porém, há um perigo até então ignorado. Em testes realizados em Munique, na Alemanha, ficou comprovado que os suportes originalmente projetados para bicicletas comuns não conseguem lidar com as novas magrelas.

Uma bike elétrica tem peso a partir de 20 quilos, bem mais que as convencionais, na faixa dos 8 a 14 quilos. Os testes realizados pelo Centro de Tecnologia Allianz mostram que, em uma colisão de frente a cerca de 50 km/h, racks montados no teto (originalmente feitos para aguentar de 15 a 20 quilos) não suportam o peso extra, arremessando a bike – e até mesmo o suporte – para a frente.

“Os suportes presos na barra de reboque são mais adequados para transportar e-bikes”, diz Melaine Kreutner, engenheira de pesquisa do Centro. Mesmo estes, porém, demandam cuidados especiais. Durante a simulação de uma manobra de desvio a 50 km/h, um suporte com sobrecarga de 35,4 quilos acabou amassando a lataria e o farol traseiro do automóvel. Já durante a passagem por lombadas, buracos e terra batida, os fechos se soltaram, deixando as bicicletas elétricas presas apenas por fitas.

Além de sempre respeitar o limite de peso individual dos suportes, é recomendável que o usuário faça paradas frequentes para checar se tudo está OK.

Continua após a publicidade

Publicidade