Prodrive prepara Subaru WRX STI para quebrar recorde na ilha de Man

Mark Higgins tentará bater seu próprio recorde num dos mais famosos (e perigosos) cenários do automobilismo

Subaru WRX STI Prodrive - Isle fo Man lap (1) Subaru WRX STI preparado pela Prodrive

Subaru WRX STI preparado pela Prodrive  (/)

Conhecido pelas corridas de motos cheias de adrenalina (e perigosas), o Isle of Man TT Course de 2016 terá outro atrativo fora do mundo das duas rodas: um Subaru WRX STI bastante modificado para quebrar o recorde de volta mais rápida (para carros) no trajeto. O modelo foi preparado pela Prodrive, uma das mais renomadas preparadoras de carros de competição do planeta, famosa justamente pelos Impreza de rali das décadas de 1990 e 2000.

LEIA MAIS

>> Subaru Impreza 2017 estreia nova plataforma global da marca

>> Subaru WRX STI X Mitsubishi Lancer Evo John Easton

>> Teste: Subaru Outback, muito mais do mesmo

Subaru WRX STI Prodrive - Isle fo Man lap (2) Subaru WRX STI

Subaru WRX STI  (/)

O piloto será o três vezes campeão britânico de rali Mark Higgins, que tentará bater o próprio recorde de 2014, quando fez o tempo de 19 minutos e 15 segundos a bordo de outro Subaru WRX STI. Em 2010, o piloto inglês tinha alcançado o tempo de 19 minutos e 56 segundos, quando superou a volta mais rápida de Tony Pound em 1990 por mais de dois minutos. Em 2016, Higgins tentará completar o circuito de Isle of Man TT Course em menos de 19 minutos.

Subaru WRX STI Prodrive - Isle fo Man lap (4) Subaru WRX STI tem amplo aerofólio

Subaru WRX STI tem amplo aerofólio  (/)

A Prodrive fez uma parceria com a Subaru para preparar o WRX STI branco (sem especificações e números de desempenho divulgados) para a prova do Isle of Man TT Course, que acontecerá entre maio e junho deste ano. Visualmente, o modelo tem novos para-choques, capô com amplas aberturas para melhor refrigeração do motor, para-lamas alargados e um imenso aerofólio, além de toda uma estrutura tubular de proteção dentro do habitáculo. Abaixo, confira a volta mais rápida do piloto Mark Huggins em 2014:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s