Primeiras impressões: The Crew 2 quer conquistar todos os jogadores

Jogo multiplataforma mantém proposta de mundo aberto e aposta na diversidade de veículos

O jogador poderá trocar entre diferentes tipos de veículos

O jogador poderá trocar entre diferentes tipos de veículos (Ubisoft/Divulgação)

Versátil como um GTA, mas sem armas e impossível de matar até mesmo um animal. Essa é uma das propostas do The Crew 2, continuação do jogo de mundo aberto da Ubisoft que chega no dia 29 para computadores, Xbox One e PlayStation 4.

QUATRO RODAS teve a oportunidade de ter um primeiro contato com o jogo completo, rodando em um computador e com um controle do videogame da Microsoft.

No computador e no Xbox One X o jogo poderá rodar em resolução 4K

No computador e no Xbox One X o jogo poderá rodar em resolução 4K (Ubisoft/Divulgação)

Na ocasião foi possível perceber que o foco de The Crew 2 é o jogador eventual, com um apelo mais arcade e uma curva de aprendizado rápida.

Os modelos podem receber diferentes tipos de customização

Os modelos podem receber diferentes tipos de customização (Ubisoft/Divulgação)

Existem diferentes modos de dificuldade, mas qualquer um consegue aproveitar boa parte do game com apenas alguns minutos de jogatina.

“Procuramos criar um jogo que fosse desde o início sem restrições, e que qualquer pudesse aprender a jogá-lo rapidamente”, detalha Stéphane Beley, diretor do jogo.

O interior detalhado inclui painel funcional, mas não há integração para equipamentos VR

O interior detalhado inclui painel funcional, mas não há integração para equipamentos VR (Ubisoft/Divulgação)

Isso inclui até quem não é fissurado por carros – pela primeira vez na franquia será possível guiar motos, barcos e até aviões de acrobacias.

A troca entre eles se mostrou quase instantânea e bem curiosa: troque seu avião por um carro em pleno ar e seu bólido irá cair quase como uma pedra (mas com choque suave) até o chão.

Neste primeiro momento as aeronaves disponíveis são movidas por hélices e acrobáticas

Neste primeiro momento as aeronaves disponíveis são movidas por hélices e acrobáticas (Ubisoft/Divulgação)

Essa versatilidade, no entanto, limita o uso para jogadores que jogam com volantes. Segundo Beley, nessa situação é até possível pilotar um avião com a direção, mas a experiência é exótica. “O acelerador e freio fazem o avião subir e descer, enquanto o volante controla o rumo dele”, detalha.

O visual do jogo no computador (veja os requisitos mínimos ao final da matéria) é impressionante, com destaque para o ofuscamento do Sol e as gotas de água que se espalham de forma lógica pela carroceria.

Todos os veículos possuem um nitro recarregável

Todos os veículos possuem um nitro recarregável (Ubisoft/Divulgação)

O detalhamento dos veículos também é atencioso e inclui interiores funcionais, do velocímetro de cada carro ao horizonte artificial das aeronaves.

O enfoque na modalidade arcade cobra seu preço nos danos limitados à carroceria. “O resultado de colisões nas carrocerias é restrito, pois caso contrário após poucos minutos de jogo teríamos um carro completamente destruído e visualmente feio”, observa Julien Charpentier, diretor de narrativa do jogo.

Para os entusiastas o catálogo de cerca de 300 veículos pode agradar pela variedade. Há desde o novo Mazda MX5 Miata até o RB13 que correu pela Red Bull na temporada do ano passado da Fórmula 1.

Modelos novos, como a Mercedes-Benz Classe X, também estão presentes graças ao acesso antecipado que os produtores tiveram a esses veículos.

Segundo Beley, “praticamente todos” os carros foram gravados individualmente em circuitos fechados. Na prática, no entanto, o som de alguns modelos se mostrou artificial. A Ferrari F40, por exemplo, manteve seu característico ronco agudo, mas o ruído típico do turbocompressor é quase inexistente.

Esses detalhes, porém, não devem impactar no público alvo do game, muito mais amplo do que o de simuladores ou jogos especializados, como Gran Turismo e Forza.

The Crew 2 será lançado no dia 29 de junho para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Requisitos mínimos (PC)

Configuração mínima – 30 FPS
Resolução: 1080p
Sistema operativo: Windows 7 SP1, Windows 8.1 ou Windows 10 (64-bit)
Processador: Intel Core i5-2400s @ 2.5 GHz ou AMD FX-6100 @ 3.3 GHz ou equivalente*
Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 660 ou AMD HD 7870 (2GB VRAM com Shader Model 5.0 ou superior)
RAM: 8GB

Configuração recomendada – 30 FPS
Resolução: 1080p
Sistema operativo: Windows 7 SP1, Windows 8.1 ou Windows 10 (64-bit)
Processador: Intel Core i5-3470 @ 3.2 GHz or AMD FX 6350 @ 3.9 GHz ou equivalente*
Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 760 ou AMD R9 270X (4GB/2GB VRAM com Shader Model 5.0 ou superior)
RAM: 8GB

Configuração recomendada – 60 FPS
Resolução: 1080p
Sistema operativo: Windows 7 SP1, Windows 8.1 ou Windows 10 (64-bit)
Processador: Intel Core i5-4690k @ 3.5 GHz or AMD Ryzen 5 1600 @ 3.2 GHz ou equivalente*
Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 1060 (6GB), GTX 970 (4GB) ou AMD RX 470 (4GB/8GB VRAM com Shader Model 5.0 ou superior)
RAM: 8GB

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s