Clique e assine por apenas 8,90/mês

Por que o Peugeot 2008 1.6 THP não tem câmbio automático?

Único SUV compacto com motor turbo não tem câmbio automático, exigência do segmento. Descobrimos por que

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 12 jan 2018, 19h07 - Publicado em 30 set 2016, 20h51

Peugeot 2008 Griffe THP

O Peugeot 2008 1.6 THP possui de longe a melhor motorização no segmento de SUVs compactos. Tem bom pacote de equipamentos que inclui faróis com projetores e LEDs, e até teto panorâmico por R$ 89.990 – bem longe de ser o mais caro do segmento, portanto. Sua dinâmica e posição de dirigir são quase uma unanimidade aqui na redação.

Mesmo assim, ele ficou em último em nosso comparativo de SUVs compactos. Tudo porque não tem câmbio automático, exigência de um segmento com uma boa parcela de ex-donos de sedãs de preço equivalente – e automáticos, claro.

Os manuais cada vez mais ficam restritos aos entusiastas que prezam por uma condução dinâmica – algo que combina mais com hatches e sedãs esportivos do que com o público da categoria.

Continua após a publicidade

Peugeot 2008 Griffe THP

Peugeot 2008 Griffe THPPor que raios o Peugeot 2008 1.6 THP não tem câmbio automático, algo que faria com que ele tivesse um conjunto mecânico matador? E por que a versão de entrada com motor 1.6 aspirado consegue oferecer tal comodidade, com direito ao câmbio Aisin de seis marchas? É uma dúvida nossa e também dos leitores, então, fomos à Peugeot buscar a resposta.

De acordo com Sérgio Davico, gerente de produto da Peugeot, “não existe hoje a adaptação de câmbio automático EAT6 (o automático de seis marchas) com o motor THP na plataforma do 2008 no grupo PSA. E desenvolver esta aplicação para uma versão específica é industrialmente inviável.”

Peugeot 2008 Griffe THP

Continua após a publicidade

É uma questão que envolve a equação dos custos de desenvolvimento com as vendas, pois esta é uma versão que responde por apenas 10% das vendas do 2008.

O Brasil é o único país do mundo onde o Peugeot 2008 é vendido com o motor 1.6 THP e, de fato, não existe nenhum outro carro feito na mesma pataforma (a mesma de C3, C3 Picasso e 208) que combine o câmbio automático de seis marchas ao motor THP. Em toda a linha PSA com tal plataforma, a opção automática é oferecida apenas com o 1.6 aspirado.

A solução

Antes que você pergunte, o Peugeot 2008 mais potente que existe fora destas fronteiras usa o motor 1.2 THP três cilindros de 130 cv e 25 mkgf combinado ao câmbio automático de seis marchas.

Continua após a publicidade

A solução poderia ser vendê-lo por aqui com esta mesma configuração. Mesmo com 33 cv a menos, ainda teria o bom torque de 25 mkgf, maior que os 24,5 mkgf do THP. Pena que perderia a pegada de “DS3 com quatro portas” – e acabaria com as facilidades de utilizar um único motor em uma ampla gama de carros.

motor 1.2 thp

Publicidade