Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Para Abraciclo, trimestre foi positivo para o segmento das motos

Entidade divulgou balanço com crescimento na produção e venda de motocicletas

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h35 - Publicado em 10 abr 2014, 17h00
Yamaha lança YS150 Fazer por R$ 7.390,00

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) divulgou o balanço do primeiro trimestre de 2014 com crescimento na produção e venda de motos em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo os dados da Abraciclo, as vendas no varejo alcançaram 365.306 unidades, 3,7% superior ao volume registrado em 2013. Ainda de acordo com a entidade, a produção passou de 383.199 unidades para 408.665, aumento de 6,6%.

A média diária também foi melhor nos meses de janeiro até março, com 5.989 unidades contra 5.869, enquanto que as vendas no atacado ficaram estáveis, com 369.253 motos ante 367.466, com variação de 0,5%. Nas exportações, a elevação foi de 18,9%, passando de 22.380 para 26.619 motos.

“Os números positivos no período refletem os esforços dos fabricantes e suas redes de concessionárias para a antecipação dos resultados, já prevendo uma possível dificuldade nas vendas por conta da Copa do Mundo”, disse Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Nos números de março de 2014, o levantamento da entidade aponta uma retração no comparativo com fevereiro. Os emplacamentos, no mês passado, chegaram a 112.212 motos, o que representou queda de 6,1%. Uma das razões para essa retração foi o Carnaval, que, neste ano, aconteceu em março, diminuindo os dias úteis de vendas. Já em relação a março do ano passado, os licenciamentos sofreram queda de 9,4%.

Continua após a publicidade

Publicidade