Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

O homem que guarda 14 VW vermelhos refrigerados a ar em sua garagem

Aposentado mantém coleção com 14 clássicos da marca alemã na mesma cor. Coleção vai de Fusca a Zé do Caixão, passando pela Kombi

Por Giovana Rampini
Atualizado em 30 abr 2019, 07h00 - Publicado em 30 abr 2019, 07h00
Roberto Gabarra tem uma coleção de 14 modelos da Volkswagen vermelhos e refrigerados a ar (Alexandre Battibugli/Quatro Rodas)

Nada mais apropriado para uma revista com quase 59 anos de tradição, como a QUATRO RODAS, do que contar a história de um fiel leitor.

Mais do que leitor desde a edição número 1, o médico e professor aposentado Roberto Gabarra, de 73 anos, é um colecionador de carros.

Mas ele não tem uma coleção qualquer: na sua garagem em Botucatu (SP) ele guarda 19 veículos antigos. A graça? São 14 modelos da Volkswagen vermelhos e refrigerados a ar. Todos restaurados ali mesmo por Roberto.

Do Fusca à Saveiro, passando pelo Zé do Caixão e Brasília, o professor universitário sempre usou como referência para recuperar a originalidade dos carros sua outra coleção: as 710 edições da revista QUATRO RODAS.

Continua após a publicidade

“Meu filho se alfabetizou por ela. Com quatro anos de idade, ele já conhecia modelos e marcas”, comenta o aposentado.

Roberto: paixão entre o SP2 e o Karmann (Alexandre Battibugli/Quatro Rodas)

Ele conta que o gosto pelo universo automotivo sempre esteve presente na família Gabarra. “Tudo começou com um tio-avô que participava de corridas de calhambeque.

Já o interesse de Roberto começou no fim dos anos 70, quando ainda jovem adquiriu um VW SP2. Na época, o carro estava longe de ser uma relíquia e encontrava-se em ótimo estado.

Continua após a publicidade

Mas foi ao comprar o Karmann-Ghia 1962 e o Fusca 1967 que teve a ideia de reformar os próximos que comprasse e repintá-los de vermelho.

“Dos 14 veículos, 3 tinham essa cor originalmente”, diz ele, que costuma investir de dois a quatro anos no processo de restauração de cada um.

Sua garagem guarda também boas  histórias. Uma delas é do Karmann-Ghia, que pertenceu a um colega da época de faculdade. Quando o amigo foi embora da cidade, vendeu o esportivo a uma professora, que viria a falecer anos depois.

Já nas mãos do filho dela, o carro se acidentou e foi comprado pelo pai do garoto, que deu a Roberto para restaurar e com quem está até hoje, há mais de 20 anos. “Acho que era para ser meu mesmo.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.