Clique e assine por apenas 5,90/mês

Acredite: Porsche mais vendido da Europa é um sedã elétrico

O Taycan, um esportivo elétrico, superou 911, Cayenne e Macan e se tornou líder de vendas da Porsche em agosto

Por Isadora Carvalho - Atualizado em 24 set 2020, 14h08 - Publicado em 24 set 2020, 13h48
O superesportivo elétrico Taycan foi o modelo mais vendido da Porsche na Europa em agosto Divulgação/Porsche

Não é segredo pra ninguém que o mercado de carros de luxo não sofreu grandes impactos econômicos da pandemia, conforme mostramos com exclusividade em uma reportagem sobre a maior loja de superesportivos do Brasil.

Mas, não é só por aqui que as marcas de modelos premium têm tido bons resultados. A Porsche anunciou que vendeu mais modelos 911 no primeiro semestre de 2020 do que nos primeiros seis meses de 2019.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 8.90

Porém, não foi só o 911 que surpreendeu a marca alemã. O esportivo elétrico Taycan se tornou no mês de agosto o modelo mais vendido da Porsche na Europa. Foram 1.183 unidades do Taycan conta 1.097 exemplares do 911 e 771 do Cayenne.

Divulgação/Porsche


Ao observar o gráfico acima é possível concluir que tecnicamente o Cayenne ainda se mantém como líder de vendas ao combinar as unidades do Cayenne com o Cayenne Coupe. É possível verificar também a queda de desempenho do Panamera que recuou em 71% no mercado europeu e 45% no americano no primeiro semestre de 2020. 

O modelo vendeu 1.183 unidades contra 1.097 do 911 Divulgação/Porsche

No mesmo período, a Porsche registrou um lucro operacional de 1,2 bilhão de euros e uma receita de vendas de 12,42 bilhões de euros, queda de 7,3%. Pelo jeito, e contrariando as expectativas, o primeiro elétrico da Porsche está salvando o ano da alemã.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade