Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novo Renault Zoe melhora muito, mas chega com preço de picape média

Zoe agora tem motor elétrico de 135 cv e 25 kgfm de torque, novo interior mais luxuoso e chega em duas versões com preços partindo de R$ 204.990

Por Igor Macario Atualizado em 11 Maio 2021, 13h54 - Publicado em 22 abr 2021, 19h05
novo-zoe-e-tech-intense-20-min
Zoe tem novos faróis de LED e parachoques na frente Divulgação/Renault

A Renault começou a vender no Brasil a o elétrico Zoe reestilizado, com amplas melhorias em relação ao modelo oferecido ao público por aqui desde 2019. O modelo ficou mais potente, ganhou mais autonomia, passou por mudanças no visual e ganhou um interior repaginado, mais moderno que o modelo anterior. São duas versões, Zen e Intense, vendidas a R$ 204.990 e R$ 219.990 respectivamente. É preço de picape média com motor diesel.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Agora, o Zoe tem um motor elétrico com 135 cv e 25 kgfm de torque, ante os 92 cv e 22 kgfm do modelo antigo. O desempenho melhorou e segundo a Renault, o Zoe vai de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos. A velocidade máxima é limitada a 140 km/h.

O novo Zoe também ganhou um modo de condução com apenas um pedal, onde a regeneração do motor se torna mais intensa e praticamente dispensa o uso do pedal de freio. Basta soltar o acelerador que o carro reduz a velocidade.

novo-zoe-e-tech-intense-10-min
Lanternas traseiras também são de LED Divulgação/Renault

A autonomia agora chega a 385 km graças à nova bateria Z.E 50, de 52 kWh. O modelo anterior usava a Z.E 40, com 41 kWh, que limitava o alcance a 300 km. O Zoe agora suporta recargas em corrente contínua de até 50 kW, capaz de devolver cerca de 150 km de autonomia em 30 minutos plugado.

Continua após a publicidade

Em tomadas mais convencionais, os mesmos 150 km aparecem em cerca de 1 hora, em tomadas de 22 kW, ou em 2 horas, em tomadas de 11 kW. Numa tomada residencial com um wallbox de 7,4 kW, a recarga completa leva cerca de oito horas e meia.

renault zoe
Recarga é feita por porta na dianteira sob emblema frontal Divulgação/Renault

O hatch também passou por boas mudanças na cabine. Há uma nova tela de 10 polegadas que serve aos instrumentos, indicando velocidade, nível de carga e modos de condução. Uma segunda tela, de sete polegadas em orientação vertical, serve à nova central multimídia que comanda outras funções do carro. Há conexão para Android Auto e CarPlay.

renault zoe
Painel é novo e melhorou muito em relação a antigo Divulgação/Renault

Há também outros itens de conveniência desde a versão de entrada, como ar-condicionado automático e sensores de luz e chuva. A diferença entre as duas versões é relativamente pequena, mas importante. A versão Intense, mais cara, adiciona rodas com acabamento exclusivo, sensores de obstáculos na frente e atrás, monitor de ponto cego, câmera de ré e assistente de frenagem de emergência, o que pode justificar os R$ 15.000 extras.

A Renault também melhorou o acabamento, que agora tem materiais de melhor qualidade. Há revestimentos de tecido nas portas e painel, e bancos com imitação de couro. A melhora é visível diante da antiga cabine do modelo, que era bem mais simplória.

renault zoe
Cluster de instrumentos tem nova tela de 10 polegadas Divulgação/Renault

O Zoe pode ser comprado diretamente em 16 concessionárias da marca espalhadas por 12 cidades do Brasil, ou ainda alugado por períodos mais longos pelo programa Renault On Demand. A mensalidade para o Zoe é de R$ 3.890, que inclui documentação, seguro, manutenção e assistência técnica.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa Quatro Rodas 744 Abril 2021
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade