Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novo Peugeot 208 terá quadro de instrumentos digital 3D no Brasil

Nova tecnologia estará presente no compacto, que também terá versão elétrica no Brasil

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 20 jul 2020, 14h19 - Publicado em 20 jul 2020, 13h24
Quadro de instrumentos com gráficos tridimensionais é um dos grandes destaques do modelo Divulgação/Peugeot

Quadro de instrumentos digital é algo que caiu no gosto do brasileiro. Fez tanto sucesso nos Volkswagen Polo e Virtus Highline que o equipamento se tornou item de série nestas versões.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Também compacto, o novo Peugeot 208 terá o equipamento em formado um pouco diferente: seu quadro de instrumentos digital tem visualização em 3D.

Tecnologia usa duas telas para ter efeito 3D Reprodução/Youtube

O sistema está presente na versão europeia e usa elementos de head-up displays e hologramas para funcionar.

Reprodução/Internet

Na prática, há duas telas coloridas no quadro de instrumentos. Uma fica no lugar de sempre, no fundo. A outra, na parte de cima da capa do quadro de instrumentos.

Cabine conserva o conceito i-cockpit, porém com novos painel, volante e quadro de instrumentos Divulgação/Peugeot

As imagens da tela superior são refletidas na lente plástica do quadro de instrumentos, que tem filtro específico para isso.

O resto da mágica é feito pela distribuição das informações em uma tela ou em outra. A impressão que se tem é que as informações da tela de cima, refletidas, estão à frente, em uma outra dimensão.

Continua após a publicidade

Por conta do quadro de instrumentos especial, a Peugeot passa a chamar o conceito do interior do 208 de i-Cockpit 3D. Isso também inclui a posição mais elevada dos mostradores, o volante de menor diâmetro, a central multimídia mais próxima do motorista e teclas de acesso fácil às informações do veículo.

Elétrico também virá

O lançamento da nova geração do Peugeot 208 no Brasil está previsto para agosto.

208 elétrico foi flagrado durante gravação de comercial em Porto Alegre (RS) @janacletos/Instagram

Por aqui, o hatch compacto será vendido em versões com o motor 1.6 16V do modelo anterior ou elétrica.

Se trata do chamado e-208, que já havia sido flagrado em testes no Brasil e neste final de semana apareceu em Porto Alegre durante gravações.

Reprodução/Internet

Seu motor rende 136 cv e 26,5 kgfm. A autonomia declarada é de 340 km no ciclo WLTP (global) ou 450 km no NEDC (europeu). Os preços devem ficar próximos dos R$ 200.000, faixa que é ocupada por outros elétricos, como Nissan Leaf e Chevrolet Bolt.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade

Publicidade