Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novas VW Amarok e Ford Ranger terão mesma base (mas desenhos diferentes)

Próximas gerações das picapes médias repetirão tempos de Autolatina, com amplo compartilhamento de peças

Por Isadora Carvalho 7 dez 2020, 19h47

VW Amarok

Já sabemos que a nova Volkswagen Amarok de segunda geração baseada na Ford Ranger não virá para o Brasil. E se plataforma e motor serão exatamente iguais nas picapes, os desenhos prometem ser completamente diferentes.

Em entrevista ao site Motoring, Michael Bars, diretor administrativo da VW australiana, a marca alemã não quer cometer o mesmo erro que marcas como Nissan e Mercedes cometeram – que, segundo o executivo, fizeram Navarra (ou Frontier) e Classe X muito parecidas.

Nas projeções, é possível observar que os faróis serão menores e terão a identidade visual da marca alemã. O desenho frontal também deverá ser marcado pelo para-choque pronunciado em formato de “X” e grandes tomadas de ar pintadas de preto. 

Continua após a publicidade

Black Friday na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 7,90

As irmãs dividirão os mesmos motores de quatro cilindros 2.0 turbodiesel e de seis cilindros 3.0 também a diesel. Esses conjuntos serão combinados com transmissões manual de seis velocidades e automática de 10 velocidades, ambas da Ford.

Mustang Mach 1
Imagem vazada revela as linhas da nova Ford Ranger Wheels/Internet

Nos bastidores do desenvolvimento, há indícios de que um sistema de propulsão elétrico também poderia ser oferecido, mas não há nada de concreto. O que temos até agora é que não deveremos ver picapes gêmeas com apenas logotipos invertidos. E isso é uma boa notícia, ufa!

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa 739

Continua após a publicidade

Publicidade