Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Nova Volkswagen Amarok terá faróis de LED Matrix do Taos

Marca divulgou em novo teaser que a picape baseada da Nova Ranger terá faróis matriciais nas versões mais caras

Por Lukas Kenji 25 Maio 2022, 21h15

A Volkswagen anunciou que a nova geração da Amarok vai ser equipada com os faróis IQ.Light, mesma tecnologia que equipa o Taos. O sistema é mais avançado do que LEDs convencionais, tem facho alto automático e já faz as vezes de projetor de neblina.

O anúncio da Volks veio na forma de mais um teaser, divulgado nesta quarta-feira, 25, nas redes sociais da marca. A tecnologia é baseada em LEDs matriciais, que apresentam respostas mais satisfatórias em relação a alcance. Por exemplo: enquanto esse sistema baseia-se em 900 lúmens (unidade de medida que indica o fluxo de luz), projetores convencionais não entregam mais do que 450 lúmens.

Mas vale ressaltar que os faróis IQ.Light só vão equipar as versões mais caras do modelo. As opções de entrada também terão como oferta projetores de LED, só que menos sofisticados.

A VW tem divulgado detalhes da Nova Amarok aos poucos. Já sabemos, por exemplo, que o modelo será lançado no dia 7 de julho e terá cinco versões. São elas Base, Life, Style, Panamericana e Aventura.

Continua após a publicidade

A picape ficará maior em relação à geração atual e terá novas medidas relacionadas aos ângulos de ataque e saída. A estimativa é de que a picape que já foi mostrada com camuflagem tenha 5,35 metros de comprimento, o que significa aumento de 9,6 cm em relação à versão atual.

Nova Amarok ainda está em camuflagem
Cada vez mais parecida com a Ranger, Amarok agora tem a mesma largura. Divulgação/Volkswagen

Com 3,22 m, o entre-eixos será ampliado em 12,5 cm, enquanto a largura deve ser reduzida em 3,4 cm, com totais 1,91 m. O único quesito que deve manter a dimensão é a altura de 1,88 m.

Compartilhe essa matéria via:

A nova geração da Amarok terá como base a plataforma da Nova Ford Ranger. Ambas são produzidas em Silverston, na África do Sul.

Mas se a picape da marca azul oval tem o Brasil como destino certo, o mesmo não vai ocorrer com a Amarok 2023. Isso porque o modelo vendido no Brasil é e continuará a ser importado de Pacheco, Argentina.

A questão é que a planta sul-americana já divulgou que não vai desenvolver a nova geração do modelo. Ela recebeu investimentos para aprimorar a segurança da atual geração do modelo, que deverá continuar em linha por alguns bons anos.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)