Nova geração da Mercedes SL terá capota rígida e de lona

Modelo deve chegar às lojas apenas em 2019

fabricantes fabricantes

fabricantes (/)

A nova geração do modelo SL da Mercedes-Benz, que deve ser lançada em 2019, pode contar com versões com capota rígida e de lona, graças há uma nova arquitetura que será usada não apenas no SL, como também no menor SLK.

Atualmente em desenvolvimento na Alemanha, a nova arquitetura modular, chamada de MSA, vai permitir que os dois carros compartilhem vários elementos como, por exemplo, a suspensão, enquanto os chassis dos carros serão fabricados na planta de Bremen. A versatilidade da plataforma permitirá manter as identidades distintas dos modelos, usando diferentes alturas, comprimentos e larguras.

Com a adoção da plataforma MSA, o Classe SL vai conseguir perder bastante peso, já que atualmente a versão mais leve pesa 1.685 kg. Além de contar com o teto rígido e de lona, o SL poderá ter opção para quatro lugares dependendo da demanda, além de edições híbridas e 4MATIC. A próxima geração do SL deve chegar às lojas entre 2019 e 2020, assim como a SLK.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s