Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nova Fiat Ducato chega ao Brasil com visual velho

Terceira geração começa a ser vendida com design que saiu de linha na Europa há quase quatro anos

Por Rodrigo Ribeiro - Atualizado em 30 jan 2018, 15h53 - Publicado em 29 jan 2018, 18h30
Divulgação/Fiat

O post do Honda HR-V reestilizado rendeu polêmicas nas redes sociais por conta das discretas mudanças visuais que, segundo alguns leitores não justificaria o adjetivo “novo”.

Então, o que dizer de um veículo lançado com um design que não é oferecido na Europa desde 2014? Conheça o novo Fiat Ducato 2018.

Versão europeia da Ducato tem visual mais moderno Divulgação/Fiat

No caso dele, não é exagero falar em “novo”, já que se trata, de fato, de uma geração atualizada – neste caso, a terceira. Só que o modelo chega ao Brasil sem a reestilização disponibilizada em outros mercados.

O novo Ducato agora vem importado do México, onde essa versão é fabricada desde 2007.

Continua após a publicidade
Curiosidade: nos modelos com três lugares na dianteira, o airbag do passageiro é maior para proteger dois adultos ao mesmo tempo Divulgação/Fiat

O modelo passa a ser oferecido em treze versões, com opção de carroceria chassi-cabine, furgão e passageiros, com diferentes opções de entre-eixos e altura total do teto.

O motor 2.3 turbodiesel ficou levemente mais potente e forte: agora são 130 cv (a 3.600 rpm) e 32,7 mkgf (a 1.800 rpm), uma melhora de 3 cv e 0,5 mkgf, respectivamente. O câmbio segue manual, mas agora tem seis marchas para reduzir o consumo de combustível.

O suporte proeminente na parte superior da traseira pode receber câmera de ré Divulgação/Fiat

Segundo a FCA, o novo Ducato é 10% mais econômico. Esse incremento soma-se ao tanque de combustível 10 litros maior (totalizando 90 litros), permitindo um aumento da autonomia.

O pacote de equipamentos inclui ABS, airbag duplo (para os três ocupantes da primeira fileira) e controle de estabilidade com assistente de partida em rampa.

Continua após a publicidade
Entre diferentes variações de carroceria e entre-eixos, o Ducato tem trezes versões Divulgação/Fiat

 

Nas versões passageiro e furgão a porta traseira tem abertura de 270º, facilitando o processo de carga e descarga em vagas paralelas ao meio-fio. E todas as variações tiveram aumento no comprimento total da cabine e no entre-eixos, aumentando o espaço interno do veículo.

Publicidade