Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nova E63 AMG pode perder tração traseira

Modelo seria comercializado exclusivamente com AWD

Por Cadu Tupy - Atualizado em 9 nov 2016, 14h21 - Publicado em 26 fev 2015, 11h45
fabricantes

Atualmente a Mercedes oferece a sua E63, tanto nas versões sedã quanto perua, com opções de tração traseira e integral (AWD), porém, segundo o site Motoring, da Austrália, esta medida poderia estar com os dias contados. A próxima geração do modelo passaria a ter bloco 4.0 litros biturbo V8 e, também, perderia a opção de tração traseira.

A informação surgiu em uma discussão sobre a nova geração da Classe E que deverá ser disponibilizada com tração integral e volante do lado direito pela primeira vez, já que os seus antecessores não podiam ser feitos assim. Segundo uma fonte do site, Tobias Moers, chefe da AMG, confirmou a opção pela tração única.

“Se conseguirmos um sistema integral que entregue um bom comportamento de drift para o modelo, não vejo porque não”. Dois outros motivos poderiam influenciar a medida. Atualmente, quando equipados com os dois tipos de tração, os carros da AMG são mais rápidos com a integral e, em questão de custos e vendas, na Alemanha, por exemplo, desde que a E63 passou a ser vendida com AWD, 95% dos carros vendidos foram com esta opção.

Publicidade