Nissan Kicks 2020 ganha, enfim, piloto automático e parte de R$ 78.290

SUV compacto ganha equipamentos de série em todas as versões, mas preço inicial fica R$ 2.500 mais caro

Kicks S ganhou até os faróis do Kicks mais caro

Kicks S ganhou até os faróis do Kicks mais caro (Divulgação/Nissan)

O Nissan Kicks era um carro com o alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência e câmeras de visão 360º, mas incapaz de manter velocidade de cruzeiro sozinho.

Era, porque na linha 2020 o SUV compacto enfim passou a ter piloto automático de série nas versões com câmbio automático CVT.

Esta é uma das novidades da linha, que ainda passa a ter faróis com assinatura de led em todas as versões – até então, era opcional da versão topo de linha SL.

Quem se deu melhor na virada de ano-modelo do Kicks, porém, foi a versão S.

A opção com câmbio manual passa a ter de série controles de estabilidade e tração e assistente de partida em rampa, que antes eram opcionais, além de central multimídia compatível com Apple Carplay e Android Auto.

Mas ficou R$ 2.500 mais cara – o maior aumento entre todas as versões – e passou a R$ 78.290.

A versão S CVT, de R$ 85.990 (aumento de R$ 1.600), é a primeira com piloto automático e também ganhou a nova central multimídia.

Já o Kicks S Direct CVT, exclusivo para PcD e que custa R$ 68.640, ganhou piloto automático, os faróis com leds e grade frontal e maçanetas internas na cor preta. Esta versão também tem os controles eletrônicos de segurança de série. 

 

O Kicks SV CVT, de R$ 92.790 (aumento de R$ 1.400), passa a ter seis airbags de série, que antes eram opcionais do chamado “Pack Plus”, mas mantém os bancos e os paineis de porta revestidos de couro como opcional de R$ 3.000. 

Por R$ 102.790 (aumento de 1.800), o Kicks SL CVT ganhou os faróis com leds de série e apoio de braço para o motorista. De acordo com a Nissan, era um equipamento muito requisitado pelos clientes.

O pacote Tech, com frenagem automática, quadro de instrumentos digital e câmera de 360°, custa R$ 2.400 a mais.

O que não muda entre os Kicks é o motor, sempre o 1.6 16V de 114 cv e 15,5 mkgf de torque.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s