Clique e assine por apenas 8,90/mês

Mitsubishi Lancer tem apenas duas versões na linha 2018

Com linha mais enxuta, sedã médio fabricado no Brasil parte dos R$ 74.990

Por Henrique Rodriguez - 12 jan 2018, 11h21
Mitsubishi Lancer
Versão HL passa a ser a opção mais em conta do Lancer Divulgação/Mitsubishi

2017 marcou o fim da produção do Lancer no Japão. No Brasil, porém, a montagem na fábrica de Catalão (GO) continua e o sedã médio já está na linha 2018. Só que agora ele é oferecido em apenas duas versões.

A versão MT, com câmbio manual, já não era comercializada há alguns meses. Agora a GT (com tração integral) também deixou de ser vendida. Permanece a antiga intermediária HL e a inédita HL-T assume o posto de versão topo de linha.

Mitsubishi Lancer
Todas as versões têm motor 2.0 e câmbio CVT Divulgação/Mitsubishi

Por R$ 74.990, o Lancer HL tem central multimídia,  trio elétrico, ar-condicionado automático, freio a disco nas 4 rodas, piloto automático, sensores de chuva e luminosidade, e rodas de liga leve de 16 polegadas, entre outros itens.

O Lancer HL-T custa R$ 79.990 e soma bancos revestidos de couro, rodas aro 18″, antena tipo barbatana e spoiler no porta-malas.

Continua após a publicidade
Sedã é relativamente completo por R$ 80 mil Divulgação/Mitsubishi

O conjunto mecânico não varia. O motor 2.0 16v a gasolina de 160 cv e 20,1 mkgf está sempre combinado com o câmbio CVT que simula seis marchas.

Envelhecido e com poucas atualizações, o Lancer ainda cativa fãs pelo belo design. No último comparativo entre sedãs médios, ele acabou ficando em último lugar, apesar do preço sensivelmente mais baixo que os da concorrência.

Publicidade