Clique e assine por apenas 5,90/mês

Mitsubishi Lancer tem apenas duas versões na linha 2018

Com linha mais enxuta, sedã médio fabricado no Brasil parte dos R$ 74.990

Por Henrique Rodriguez - 12 jan 2018, 11h21
Mitsubishi Lancer
Versão HL passa a ser a opção mais em conta do Lancer Divulgação/Mitsubishi

2017 marcou o fim da produção do Lancer no Japão. No Brasil, porém, a montagem na fábrica de Catalão (GO) continua e o sedã médio já está na linha 2018. Só que agora ele é oferecido em apenas duas versões.

A versão MT, com câmbio manual, já não era comercializada há alguns meses. Agora a GT (com tração integral) também deixou de ser vendida. Permanece a antiga intermediária HL e a inédita HL-T assume o posto de versão topo de linha.

Mitsubishi Lancer
Todas as versões têm motor 2.0 e câmbio CVT Divulgação/Mitsubishi

Por R$ 74.990, o Lancer HL tem central multimídia,  trio elétrico, ar-condicionado automático, freio a disco nas 4 rodas, piloto automático, sensores de chuva e luminosidade, e rodas de liga leve de 16 polegadas, entre outros itens.

O Lancer HL-T custa R$ 79.990 e soma bancos revestidos de couro, rodas aro 18″, antena tipo barbatana e spoiler no porta-malas.

Sedã é relativamente completo por R$ 80 mil Divulgação/Mitsubishi

O conjunto mecânico não varia. O motor 2.0 16v a gasolina de 160 cv e 20,1 mkgf está sempre combinado com o câmbio CVT que simula seis marchas.

Envelhecido e com poucas atualizações, o Lancer ainda cativa fãs pelo belo design. No último comparativo entre sedãs médios, ele acabou ficando em último lugar, apesar do preço sensivelmente mais baixo que os da concorrência.

Continua após a publicidade
Publicidade