Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ministério da Justiça investiga escapamento do Toyota Corolla Cross

Solução improvisada, pintura preta do escapamento do Toyota Corolla Cross será alvo de investigação do Ministério da Justiça, que apura suposta má qualidade

Por João Vitor Ferreira
Atualizado em 22 jun 2022, 19h17 - Publicado em 21 jun 2022, 18h17

Esta reportagem foi atualizada para incluir o posicionamento da Toyota

Desde o seu lançamento, o Toyota Corolla Cross vem recebendo pesadas críticas pela posição bem aparente do seu escape. A montadora até buscou um “jeitinho brasileiro” para os ataques, ao pintar a peça de preto a partir da linha 2023, mas a solução pode render ainda mais dor de cabeça — dessa vez com o Ministério da Justiça.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça e Segurança Pública notificou a montadora na última segunda-feira (20) sobre possível má qualidade na peça e na camuflagem utilizada pela Toyota no Corolla Cross 2023.

Em nota, o órgão destacou relatos de consumidores que afirmam: a Toyota usou material inferior na pintura da versão brasileira. Não há indícios públicos que endossem ou desmintam essa afirmação, entretanto.

toyota-corolla-cross-2023-escapamento-pintada-4
Linha 2023 recebeu pintura na porção traseira (Marlos Ney Vidal/Autos Segredos)

“Estamos atentos para as práticas que violem a transparência na relação entre as empresas e os consumidores”, disse o ministro da Justiça, Anderson Torres, que completou informando que se for constatada má-fé por parte da Toyota, ela poderá sofrer sanções administrativas.

Continua após a publicidade

 

O objetivo da Senacon é entender a “suposta diferenciação entre a qualidade, a performance e a estética dos itens dos veículos comercializados no Brasil, em comparação àqueles da mesma marca e modelo comercializados em países da Europa e América do Norte”. Nos territórios citados, o SUV da Toyota é vendido em configuração semelhante, com o escapamento pintado em preto fosco.

toyota-corolla-cross-2023-escapamento-pintada-4
Resto da peça, entretanto, seguiu sem tinta (Marlos Ney Vidal/Autos Segredos)

Para o Ministério da Justiça e para a Senacon, o fato da Toyota pintar apenas a ponta dos escapamentos é outro problema. Segundo as autoridades, proprietários do modelo também não estariam contentes com a qualidade da tinta utilizada, alegando que ela descasca em pouco tempo. Atualmente o SUV da japonesa não sai das concessionárias por menos de R$ 158.780.

Continua após a publicidade
Toyota Corolla Cross GR Sport vermelho 3/4 de trás
Modelos do exterior também recebem a pintura em preto (Divulgação/Toyota)

A Senacon também diz que vai apurar se os clientes estão sendo devidamente informados sobre a pintura parcial do escapamento e se a tinta usada é, de fato, de baixa qualidade. A montadora tem dez dias para prestar os esclarecimentos oficiais.

Compartilhe essa matéria via:

Nesta quarta-feira (22), a Toyota respondeu ao contato da reportagem. O posicionamento da montadora segue abaixo na íntegra:

A Toyota do Brasil informa que recebeu a notificação da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e que prestará os esclarecimentos conforme solicitado pela entidade. A empresa reforça que trabalha pautada no respeito aos clientes oferecendo produtos de alta qualidade, durabilidade e confiabilidade, características essas reconhecidas em todos os veículos da marca, o que inclui o Corolla Cross.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.