Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Mesmo com a crise europeia, Renault contratará 1.300 na Espanha

Marca criará duas novas plataformas e quatro veículos

Por Márcio Murta Atualizado em 9 nov 2016, 12h09 - Publicado em 23 nov 2012, 08h30
mercado

Apesar da crise que abala o mercado automobilístico europeu Renault contratará 1.300 novos funcionários na Espanha, divulgou nesta sexta-feira (23) o informativo Automotive News. Segundo a notícia, a admissão ocorrerá na fábrica da Renault de Palencia, em função do desenvolvimento de duas novas plataformas em conjunto com a Nissan.

Segundo a notícia, as duas plataformas resultarão no desenvolvimento de quatro novos automóveis , e a perspectiva é de que a unidade em questão tenha a sua capacidade de produção elevada em 40.000 unidades por ano, para o total de 280.000 exemplares anualmente. Nenhuma informação é revelada sobre a data de lançamento dos veículos com as novas plataformas

Além dos novos modelos, conforme a notícia, a Renault também aumentará a capacidade da sua unidade de produção de motores e caixas de marcha para 1.4 milhão de unidades entre 2014 e 2015.

Continua após a publicidade

Publicidade