Clique e assine por apenas 8,90/mês

Mercedes-Benz CLA se afasta do Classe A para se tornar um mini-CLS

Cupê de quatro portas ficou maior e mais espaçoso com a atualização, que também incrementou a lista de equipamentos

Por Gabriel Aguiar - Atualizado em 8 jan 2019, 19h06 - Publicado em 8 jan 2019, 18h43
Novo CLA se distanciou do Classe A após a atualização Divulgação/Mercedes-Benz

Quando nasceu, o Mercedes-Benz CLA era quase um Classe A alongado. Mas houve um salto na carreira desde então: nesta segunda encarnação, o modelo se tornou um mini-CLS.

Quem já conhece o grandalhão cupê de quatro portas não ficará surpreendido com o visual do primo menor – afinal, a inspiração na dianteira, na silhueta e na traseira é fácil de identificar.

Divulgação/Mercedes-Benz

Com a atualização, o CLA também ficou maior (além dos 4,8 cm de ganho em comprimento, o fabricante aumentou em 5,3 cm a largura). O objetivo, claro, foi garantir mais espaço na segunda fileira.

Divulgação/Mercedes-Benz

Entretanto, basta abrir uma das portas para notar que o parentesco com o Classe A está bem além da plataforma: o desenho do painel é exatamente igual ao hatch recém-reestilizado.

Continua após a publicidade
Modelo ganhou 3 cm na distância entre-eixos e está mais comprido Divulgação/Mercedes-Benz

Além da central MBUX com inteligência artificial, o modelo recebeu recursos como frenagem de emergência, assistência de permanência em faixa e controle de velocidade adaptativo.

Por enquanto, a novidade foi revelada apenas com motor 2.0 turbo de 224 cv e 35,6 mkgf. Mas haverá outras configurações do CLA, disponíveis com tração dianteira ou sistema integral.

Painel segue igual àquele utilizado no Classe A reestilizado Divulgação/Mercedes-Benz
Publicidade