Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Lucro do grupo Volkswagen sobe 27%

Vendas, entretanto, caem nas Américas do Norte e do Sul

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h38 - Publicado em 1 Maio 2014, 14h21
mercado

Enquanto as vendas ainda estão engasgando no continente americano, globalmente a Volkswagen comemora o aumento nos lucros em 26.8% no primeiro quadrimestre de 2014, chegando ao montante de 2.47 bilhões de euros. Nas vendas, o aumento foi de 2.7% alcançando a marca de 47.8 bilhões de euros.

Mundialmente, somando todas as marcas do Grupo Volkswagen, excluindo as parcerias chinesas, foram vendidas 2.56 milhões de unidades e a produção subiu para 7.4%, no total de 2.565 milhões de carros.

As entregas subiram 7.4% na Europa e 13.7% na região da Ásia e do Pacífico. A China é, atualmente, um mercado massivo para a companhia com 879.898 carros entregues nestes primeiros três meses do ano, alta de 14.5%.

Enquanto o Grupo Volkswagen comemora estes números, se preocupa com os resultados alcançados nas Américas do Norte e do Sul. No norte as vendas caíram 4.4% para 194.606 unidades e a participação do mercado caiu para 4.5%, comparado ao primeiro quadrimestre de 2013.

Nos Estados Unidos as vendas caíram 6.5% para 133.481 veículos em comparação ao ano passado, e no Canadá o resultado foi ainda pior, queda de 8.4% para 16.694 veículos. No México, por outro lado, o aumento foi de 4.2% com o total de 44.431 vendidas.

Na América do Sul, a queda foi ainda maior, chegando a 22.4% ao todo com 141.589 carros. No geral, o Grupo Volkswagen teve maior lucro com as suas marcas de luxo Audi, com receita de 1.3 bilhão de euros, e a Porsche, de 689 milhões de euros.

A Volkswagen prevê ainda aumento nas entregas de carros até o final do ano e três por cento de aumento nas vendas.

Continua após a publicidade

Publicidade