Clique e assine por apenas 8,90/mês

Lamborghini Huracán vira carro de serviço em aeroporto na Itália

Superesportivo recebeu pintura especial e giroflex no teto para guiar aeronaves na pista

Por Vitor Matsubara - 22 nov 2016, 10h48

Se você é um frequentador assíduo de aeroportos, talvez já tenha ouvido falar nos “Follow Me Cars” – ou “Carros Siga-me”, em português. Normalmente, são veículos pintados em cores chamativas que guiam os aviões durante o processo de taxiamento, do pouso até o local de desembarque dos passageiros.

Pois bem: o aeroporto Gugielmo Marconi, localizado em Bolonha (Itália), escalou um veículo inusitado para realizar essa tarefa prosaica: uma Lamborghini Huracán.

Veículo realizará serviço até o começo de 2017
Veículo realizará serviço até o começo de 2017 divulgação/Quatro Rodas

LEIA MAIS:

>> Impressões: Lamborghini Huracán LP 580-2, o touro abana a cauda

>> Conheça o exclusivíssimo Lamborghini Centenario Roadster

>> Vídeo: dono de Aventador se desespera ao bater carro

O superesportivo veste uma chamativa combinação de amarelo com padronagem xadrez preta. O spoiler dianteiro foi decorado com uma bandeira italiana e não faltaram nem as luzes giroflex no teto, item obrigatório nos carros que prestam serviço nos aeroportos. O Huracán terá a missão de receber todos os voos internacionais, mas infelizmente desempenhará a função apenas até janeiro de 2017.

Equipado com um V10 de 5,2 litros aspirado com 610 cavalos, o Huracán é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos, e de 0 a 200 km/h em 9,9 segundos, com máxima de 325 km/h – velocidade mais alta que a de muito avião comercial ao decolar.

Continua após a publicidade
Publicidade