Clique e assine por apenas 8,90/mês

Jeep Renegade: SUV mais vendido do Brasil passa por recall (de novo)

Com seis campanhas desde o lançamento, o modelo tem segundo defeito no sistema de airbags. Confira se seu carro está envolvido

Por Gabriel Aguiar - 31 Maio 2019, 16h05
Renegade é convocado por defeito no sistema de airbags Divulgação/Jeep

O Jeep Renegade está envolvido em uma nova campanha de recall. Apresentado no Brasil em 2015, o SUV já foi convocado seis vezes pelo fabricante para diferentes reparos.

O defeito mais recente, anunciado neste mês, afetou 37.723 unidades do modelo, que deverão retornar às concessionárias para atualização do software do sistema de airbags.

Essa será a sexta convocação do modelo desde o lançamento Divulgação/Jeep

Os parâmetros de funcionamento das bolsas podem estar desconfigurados em unidades de ano/modelo 2018 e 2019, de todas as versões, com os últimos dígitos do chassi (não sequencial) de 184001 a 252736.

Vale lembrar que o reparo é gratuito, como é determinado por lei, e tem duração estimada de até 1 hora. O serviço deverá ser agendado previamente em qualquer oficina Jeep a partir do dia 3 de junho.

Continua após a publicidade
Ao todo, 37.723 unidades foram chamadas pelo fabricante neste recall Divulgação/Jeep

Essa é a segunda vez que os airbags do Renegade motivam um recall: no fim de 2016, o SUV foi chamado pelo risco de rompimento do insuflador e dispersão de metal em colisões.

Antes disso, o modelo foi convocado duas vezes pela possibilidade de desligamento do motor, por defeitos no cabo do freio de estacionamento e nas luzes indicadoras de direção.

Em caso de dúvidas, é possível consultar os chassis afetados nos últimos chamamentos no site oficial do fabricante. Também é possível contatar pelo telefone 0800 703 7150.

Publicidade