Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Jeep Renegade PcD terá vendas suspensas em novembro, mas marca tem solução

Os concessionários receberam um comunicado avisando que a suspensão terá início no próximo domingo (1) e não tem prazo para acabar

Por Gabriel Monteiro Atualizado em 27 out 2020, 17h40 - Publicado em 27 out 2020, 16h20

A Jeep informou seus concessionários, na manhã desta terça-feira (27), que as vendas da versão do Jeep Renegade dedicada às pessoas com deficiência (PCD) estarão suspensas  a partir do próximo domingo, dia 1 de novembro.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5.90

A versão vendida para PcD se beneficia da isenção total de ICMS e IPI, pois seu preço de tabela é de R$ 69.999 – abaixo do teto de R$ 70.000 para isenção.

A informação é do site Mundo do Automóvel para PcD, que diz que a marca não estipulou data para retomar as vendas da versão. Desta forma, restam apenas mais seis SUVs com versões PcD à venda no Brasil.

  • A alternativa encontrada pela Jeep foi oferecer um bônus para o Jeep Renegade STD automático, cujo preço de tabela é de R$ 81.590. Com a isenção do IPI garantida, seu preço baixa para R$73.505 e a fabricante oferece um bônus extra de 12%, o que deixa o preço final da versão em R$64.684.

    Contudo, os condutores não receberão isenção de IPVA em estados onde o teto admitido para o benefício seja de R$70.000.

    Jeep Renegade STD 1.8 AT Fernando Pires/Quatro Rodas

    A versão STD ainda tem preço final mais baixo, mas tem itens que já haviam sido retirados da versão PcD, como rodas de liga leve de 16 polegadas, tampão no porta-malas, freio eletrônico de estacionamento e piloto automático.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade