Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Jaguar Land Rover pode investir mais R$ 19 milhões em fábrica brasileira

A fabricante ainda se comprometeu com o governo do RJ a gerar novos 400 empregos diretos na instalação

Por Gabriel Monteiro 21 jan 2021, 13h55
Fábrica da Jaguar/Land Rover em Itatiaia, RJ
Fábrica da Jaguar Land Rover em Itatiaia, RJ. Divulgação/Land Rover

O encerramento da produção nacional da Ford parece ter preocupado os governantes do País. Medidas começaram a ser tomadas para evitar novas surpresas e, consequentemente, manter empregos em polos industriais.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

O governo do estado do Rio de Janeiro já anunciou que fará reuniões com representantes de montadoras de automóveis, principalmente com as cerca de 200 fábricas localizadas no polo automotivo do Médio Paraíba formado por doze municípios e que reúne fábricas de Volkswagen Caminhões, PSA Peugeot Citroën, Nissan e da BMW Hyundai.

Segundo o governo do estado, o setor automotivo na região emprega cerca de oito mil funcionários.

A primeira conversa foi com a fabricante britânica Jaguar Land Rover, para tratar da fábrica de Itatiaia, que hoje monta apenas o Discovery Sport.

Segundo o Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações internacionais, Leonardo Soares, a empresa pode investir mais R$ 19 milhões (aproximadamente 2,5 milhões de libras) nos próximos anos para manter o funcionamento da linha de produção e ainda se comprometeu a gerar novos 400 empregos diretos no local.

Continua após a publicidade

Land Rover discovery sport 2020 na terra
Nova Lange Rover Discovery Sport montada na fábrica de Itatiaia, RJ. Divulgação/Land Rover

A fábrica foi inaugurada em 2016 com o intuito de firmar um compromisso com o consumidor brasileiro e protegê-lo das inconstâncias da variação cambial. Ao todo, foram investidos mais de R$ 750 milhões para inaugurá-la em um plano de expansão de mercado da fabricante.

Inicialmente, eram produzidos os modelos Evoque e Discovery Sport, irmãos de plataforma e modelos mais populares da marca no Brasil.

Montagem de um modelo Land Rover na fábrica de Itatiaia
Divulgação/Land Rover

No entanto, com nenhuma das previsões comerciais se cumprindo e sem a disposição de investir mais capital em Itatiaia para atualizar a linha de montagem, a empresa optou por encerrar a produção do Evoque quando o modelo ganhou uma nova geração.

De acordo com o site Automotive Business, o valor de investimento anunciado pelo secretário não cobria os gastos para viabilizar a produção de um novo modelo e a contratação de novos funcionários.

Portanto, é possível que o local seja sublocado novamente para uma empresa terceira. Essa estratégia já é implementada na fábrica, que tem parte de suas instalações cedidas a um laboratório de emissões do Idiada.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Quatro Rodas capa 741
arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade