Impressões ao Dirigir: Hyundai ix35 2016

Reestilizado, SUV estreia por R$ 99.990

fabricantes fabricantes

fabricantes (/)

A Hyundai-CAOA apresentou nesta terça-feira, 25 de agosto, a linha 2016 do ix35. O utilitário-esportivo passou por sua primeira reestilização (baseada no facelift realizado na Coreia do Sul), ganhando faróis com leds, para-choques redesenhados e uma nova grade frontal hexagonal.

A partir de agora, o SUV produzido em Anápolis (GO) será oferecido em três versões de acabamento. A versão de entrada sai por R$ 99.990 e vem com ar-condicionado, direção elétrica, rodas de liga leve de 18 polegadas, bancos revestidos parcialmente em couro, rádio CD Player com reprodução de arquivos em MP3, Bluetooth e faróis com leds.

foto_03.jpeg foto_03.jpeg

foto_03.jpeg (/)

A configuração intermediária custa R$ 109.990, acrescentando partida do motor e destravamento da porta sem chave, piloto automático, central multimídia com navegação por satélite (GPS) e câmera de ré. Para marcar o lançamento do modelo, aliás, a CAOA venderá as primeiras 4.500 unidades da versão intermediária com airbags laterais e de cortina.

foto_09.jpeg foto_09.jpeg

foto_09.jpeg (/)

A versão mais cara tem o preço sugerido de R$ 122.990, trazendo a mais revestimento interno em couro, ar-condicionado digital bizona, banco do motorista com ajustes elétricos, lanternas em led, teto solar panorâmico e controles de tração e de estabilidade. A importadora anunciou também o lançamento da versão Launching Edition, limitada a 300 unidades – sendo 176 da versão intermediária e 124 da configuração topo-de-linha.

Impressões ao Dirigir

Nenhuma mudança foi realizada no motor 2.0 flex, que entrega até 167 cv se abastecido com etanol, nem na transmissão automática de seis marchas. Mas isso está longe de ser um problema. O ix35 continua agradando tanto pelas respostas rápidas do motor quanto pela estabilidade em curvas, bastante elogiável para um SUV. A transmissão forma um casamento feliz, trabalhando de forma eficiente e reduzindo marchas quando necessário, mesmo sem que o motorista precise intervir trocando as marchas por toques na alavanca de câmbio.

Como pontos negativos, a Hyundai poderia ter recalibrado a direção elétrica progressiva, segura em velocidades altas, mas leve demais em velocidades baixas. E o interior, apesar de espaçoso e confortável, começa a dar sinais da idade de um projeto lançado há cinco anos – especialmente em detalhes como a iluminação azulada do painel. Mas nenhum destes defeitos abala o prestígio do ix35, que lidera sua categoria com uma média de 1.600 unidades vendidas por mês. Com as mudanças, a Hyundai espera atingir a marca de 2.000 veículos mensais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s