Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Hyundai mantém planos para a picape Santa Cruz, mas só em 2020

Modelo tem visual ousado, tamanho intermediário e perfil mais urbano

Por Diego Dias Atualizado em 23 nov 2016, 21h21 - Publicado em 13 jul 2016, 15h04
Hyundai Santa Cruz
Santa Cruz terá desenho arrojado como destaque Divulgação/Hyundai

Apresentada ao mundo no Salão de Detroit de 2015, o conceito Santa Cruz da Hyundai tinha dado sinais que não demoraria para ter uma versão de produção por conta das declarações do presidente da marca nos EUA, Dave Zuchowski, no começo deste ano. Porém, segundo a publicação CarAdvice, o diretor de operações da filial australiana da Hyundai, Scott Grant, declarou que a picape baseada no conceito Santa Cruz será adiada, não saindo do papel antes de 2020.

LEIA MAIS

>> Segredo: veja como será o Mercedes dos picapeiros

>> Mercado: Fiat Toro já vende mais que VW Saveiro

>> Mercado: as picapes a diesel mais vendidas no Brasil

Continua após a publicidade

>> Honda pode trazer picape Ridgeline para o Brasil

Hyundai Santa Cruz
Frente mantém a identidade da marca, mas deve ser suavidada na versão de produção Divulgação/Hyundai

“Temos um planejamento de longo prazo no qual este veículo é seriamente considerado, mas ainda não há um compromisso em produzi-lo”, afirmou o Scott Grant. Em outras palavras, a picape está nos planos da montadora, mas não há pressa para colocá-la na linha de montagem.

Hyundai Santa Cruz
Portas traseiras abrem-se para trás, no formato suicida

Ainda protótipo, a Santa Cruz foi baseada na plataforma da segunda geração do Tucson (chamado de ix35 no Brasil). De porte médio e capacidade para cinco lugares, a picape se destaca pelo desenho ousado com teto baixo, bem como as portas traseiras com abertura invertida. De perfil mais urbano, ela terá uma plataforma monobloco, e não sobre chassis, a exemplo de novos modelos como a Honda Ridgeline (nos EUA), Fiat Toro e Renault Oroch (no Brasil).

hyundaisanta-2.jpg
Modelo oferece extensão da capacidade de carga, o que o assemelha as picapes de porte médio | Leia mais

Quando foi apresentada em 2015, a Hyundai divulgou que o conceito trazia um motor 2.0 de quatro cilindros turbodiesel, com 190 cv e 41,4 mkgf de torque, possuindo ainda tração integral. A empresa diz que a futura Santa Cruz terá condução semelhante a carros de passeio, mas também com capacidade de enfrentar terrenos acidentados. 

Continua após a publicidade

Publicidade