Clique e assine por apenas 8,90/mês

HR-V e Renegade vão bem em crash-tests, mas não levam nota máxima

SUVs foram avaliados pelo órgão americano IIHS

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 9 nov 2016, 14h46 - Publicado em 8 dez 2015, 13h10
seguranca

O IIHS, órgão que analisa a segurança dos veículos vendidos nos Estados Unidos, avaliou dois dos modelos mais bem-sucedidos nos últimos meses no Brasil: Honda HR-V e Jeep Renegade. A dupla conquistou a pontuação máxima, mas não recebeu o selo Top Safety Pick+, atribuído aos veículos com as melhores notas entre todos testados.

Ambos foram submetidos às provas de impacto frontal, lateral, resistência da estrutura do teto (simulando um capotamento) e o small overlap, este último reproduzindo um impacto na parte diagonal esquerda do veículo contra um elemento rígido, simulando uma colisão contra uma árvore ou um poste a 64 km/h.

O HR-V foi avaliado com a nota “aceitável” nas provas de impacto lateral e small overlap, recebendo a nota “bom” nos testes de impacto frontal, proteção cervical dos ocupantes e resistência da estrutura do teto. Já o Renegade obteve a avaliação “bom” nos testes de impacto frontal, lateral e resistência da estrutura do teto. A nota nos testes de small overlap e proteção cervical dos ocupantes foi “aceitável”.

Veja abaixo os vídeos dos testes feitos com o Honda HR-V:

Continua após a publicidade

E os testes realizados com o Jeep Renegade:

Como mencionamos anteriormente, apesar dos bons resultados, os SUVs não conquistaram o selo “Top Safety Pick+”, algo que só ocorre com veículos classificados com a nota “bom” em todos os testes e que oferecem sistema de assistência a condução e de segurança, pelo menos como opcionais.

Tanto o HR-V quanto o Renegade já haviam sido avaliados em crash-tests realizados pelo Latin NCAP, com metodologia distinta da utilizada pelo IIHS. Ambos receberam a nota máxima de cinco estrelas na ocasião.

Continua após a publicidade
Publicidade