Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Haddad abre licitação para nova inspeção veicular em SP

Prefeitura escolherá quatro empresas para realizar vistoria

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 13h36 - Publicado em 16 abr 2014, 19h28
geral

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), iniciou nesta quarta-feira, 16 de abril, o processo de licitação para escolha da nova inspeção veicular. A ordem foi publicada na última terça-feira no Diário Oficial da Cidade.

Segundo informações da Agência Estado, a partir da ordem, a Prefeitura vai escolher quatro empresas para assumir o serviço na capital. Cada uma cuidará de uma região da cidade (Zona Norte, Zona Sul, Zona Leste e Zona Centro-Oeste). O valor máximo cobrado dos motoristas para a realização do serviço não poderá passar de R$ 40,86 nos primeiros 12 meses.

Caso o cronograma estabelecido pela Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente seja obedecido, o resultado da licitação será conhecido em maio, mas a inspeção só será retomada a partir do segundo semestre. No cenário mais otimista isso aconteceria entre agosto e setembro, uma vez que o edital prevê que as empresas selecionadas comecem a realizar a vistoria de forma gradual, 90 dias após a assinatura do contrato.

Ainda segundo as regras, cada empresa precisará montar ao menos quatro centros de inspeção por região, com horário de funcionamento de segunda a sábado, das 7h às 19h. O edital ainda prevê que o serviço seja realizado em, no máximo, 30 minutos.

Além disso, a legislação aprovada pela Câmara Municipal exige que o teste seja exigido apenas em veículos com mais de três anos de uso, e a cada dois anos. Sendo assim, os automóveis com quatro a nove anos de uso precisarão ser inspecionados a cada dois anos. Somente a partir dos dez anos de uso é que a vistoria será anual. Caminhões, ônibus e vans continuam obrigados a passar pela inspeção todos os anos.

Continua após a publicidade

Publicidade