Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Hacker de 19 anos invade o sistema de 25 Teslas ao redor do mundo

Hacker conta que se quiser pode dar partida, acender faróis e até controlar a central multimídia

Por João Vitor Ferreira 12 jan 2022, 20h01

Um hacker de apenas 19 anos, supostamente, conseguiu invadir o sistema de mais de 25 Teslas em 13 países diferentes. David Colombo de Dinkelsbühl, Alemanha, é especialista em segurança digital e descobriu a falha no sistema dos carros no último dia 10.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

O jovem divulgou a informação em sua conta no Twitter, onde conta que, na verdade, não se trata de uma falha na infraestrutura da Tesla, mas sim da falta de cuidado dos donos. O hacker, então, usou de sua rede social para alertar a empresa, já que ele mesmo não era capaz de entrar em contato com os proprietários.

Segundo Colombo, ele é capaz de controlar diversos funções dos carros, como faróis, partida e a central multimídia. “Eu também poderia consultar a localização exata, ver se um motorista está presente e assim por diante. A lista é bem longa. E sim, eu também poderia remotamente surpreender os donos afetados jogando Rick Astley no Youtube”, conta o hacker.

print hacker tesla
“No entanto, agora posso executar comandos remotamente em mais de 25 Teslas em 13 países sem o conhecimento dos proprietários. Em relação ao que sou capaz de fazer com esses Tesla agora. Isso inclui desabilitar o Modo Sentinela, abrir as portas/janelas e até mesmo iniciar a condução sem chave.” Reprodução/Internet
Continua após a publicidade

Sem revelar os detalhes ou motivos para que ocorra a vulnerabilidade, Colombo deixou claro que não é capaz de intervir na aceleração, freios ou direção dos veículos. Porém, o mesmo relata que potencialmente isso poderia vir a acontecer.

Ontem, o rapaz entrou em contato com a empresa que informou que está investigando o caso. A falha também foi registrada como CVE (sigla para “Common Vulnerabilities and Exposures”) uma espécie de banco de dados que contém diversas falhas e vulnerabilidades na área da segurança da informação.

print tweet hacker tesla
“Eu acho muito perigoso, se alguém conseguir tocar música remotamente no volume máximo ou abrir as janelas/portas enquanto você está na estrada. Mesmo piscar as luzes sem parar pode ter algum impacto (perigoso) em outros motoristas.” Reprodução/Internet

Falhas como essa podem render até U$ 15.000 (R$ 82.950 em conversão direta) aos hackers. A Tesla mantém um programa de recompensa para quem descobre problemas em seus sistemas através do Bugcrowd, uma plataforma de divulgação de vulnerabilidades e recompensas. Se quiser, um pesquisador da área da segurança da informação pode até registrar seu próprio Tesla para ser “cobaia” de testes de segurança.

Compartilhe essa matéria via:

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Quatro Rodas 753 janeiro 2022 (1)
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês