Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ford prepara kit oficial para converter esportivos em carros elétricos

Motor Eluminator será apresentado no SEMA Show e promete dar nova vida aos antigos muscle cars da Ford

Por Henrique Rodriguez 23 ago 2021, 11h19
Mustang Lithium, um protótipo elétrico com incríveis 900 cv e 136 kgfm
Mustang Lithium, um protótipo elétrico com incríveis 900 cv e 136 kgfm Divulgação/Ford

O mercado de customização de carros é tão grande nos Estados Unidos que as fabricantes vendem motores novos – e cada vez mais poderosos – que podem ser facilmente instalados em seus carros mais antigos. Geralmente são grandes motores V8. Mas a Ford também quer oferecer um kit para converter seus carros em elétricos.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

A novidade será apresentada oficialmente na edição deste ano do SEMA Show, em novembro, mas a Ford parece não querer guardar segredo. Em seu Twitter, revelou imagens do motor elétrico e seu nome: Eluminator, uma alusão aos motores Aluminator, versões de alta performance dos V8 5.0 e 5.2 Coyote que também são vendidos à parte.

Projeto do Mustang Lithium
Projeto do Mustang Lithium Divulgação/Ford

Detalhes e planos da Ford ainda não são claros. A fabricante apenas insinuou tratar-se de uma solução para projetos de restomod elétricos. Também não mencionou baterias, sistemas de gerenciamento térmico ou controladores eletrônicos. 

Continua após a publicidade

A expectativa é por algo semelhante ao sistema Connect and Cruise da Chevrolet, um kit que inclui um motor elétrico de 200 cv, bateria de 60 kWh, inversores, conversores e todo o chicote elétrico para fazer tudo funcionar em seus carros antigos.

A própria Ford já ensaiou a criação de duas versões elétricas do Mustang, além do SUV Mustang Mach-E. Um deles é o Mustang Lithium, com motor de 900 cv e 136 kgfm alimentado por um sistema de baterias de 800 V (o dobro da média usada em elétricos atuais), capaz de fornecer 1 MW de potência. O câmbio era manual.

copbra jet
Mustang Cobra Jet Divulgação/Ford

Outro foi o Ford Mustang Cobra Jet 1400, um dragster elétrico com 1.523 cv. O carro foi testado em uma pista de arrancadas e superou o quarto de milha na incrível marca de 8.27 segundos, aos 270 km/h.

Conversão elétrica

Quem estiver com pressa, porém, pode apelar para o conjunto elétrico de 600 cv da Tesla. Quem propõe isso é a empresa norte-americana EV West, que quer dar vida nova a modelos clássicos, como Fords Mustang ou Chevrolet Camaro dos anos 70.

O motor é montado longitudinalmente, justamente onde iria o câmbio original. As baterias são instaladas no lugar do tanque de combustível, e o carro pode manter sua aparência rigorosamente original. O motor elétrico tem cerca de 600 cv e a conversão custa entre US$ 25.000 e US$ 35.000 (entre R$ 150.000 e R$ 200.000) – o preço final ainda não foi definido. O kit inclui ainda, além do motor e baterias, todo o sistema de controle eletrônico e recarga.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa quatro rodas 748 agosto 2021

Continua após a publicidade

Publicidade