Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ford abre 88 novas concessionárias em um só dia na China

Marca agora conta com 750 pontos de venda no país asiático

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h47 - Publicado em 24 jun 2014, 11h40
sustentabilidade

Durante o período de apenas um dia, 19 de junho, a Ford abriu 88 novas concessionárias na China, elevando seu total para 750 pontos de venda no maior mercado de automóveis do mundo.

A maior parte dessas lojas estão em cidades de nível inferior que abastecerão o futuro desenvolvimento econômico e da demanda de veículos. “Com o ritmo de crescimento que temos agora, esperamos ultrapassar 800 lojas na China até o final de 2014”, disse Marin Burela, presidente e CEO da Changan Ford Automobile Co., joint venture local da Ford.

O dia 19 de junho foi tão importante para a fabricante de Detroit que o CEO Alan Mulally, que deve deixar a Ford em menos de três semanas, voou para supervisionar a inauguração de uma loja, a concessionária de Xangai Jiuhua West.

Como um recém-chegado à China, a Ford está expandindo a passos largos chegar ao topo. A sua estratégia depende de tomar a liderança em cidades menores preparadas para um grande e repentino crescimento e em áreas como as regiões centrais e ocidentais do país que estão apenas começando a decolar.

A Ford diz que está mais do que pronta para equilibrar um serviço de qualidade com a expansão vertiginosa. Entre outras abordagens, Changan Ford oferece formação técnica em parceria com 19 escolas profissionais e universidades em toda a China através de um programa “Escola para o Trabalho”.

As vendas da Ford na China subiram 39%, para 461.473 veículos, nos primeiros cinco meses de 2014. “Este aumento nas vendas tornou óbvia a necessidade de expansão da rede de concessionárias e atraiu novos concessionários para a marca Ford”, disse a fabricante.

Continua após a publicidade

Publicidade