Fim dos tempos? Camaro e Mustang terão mesmo câmbio de 10 marchas

Nova transmissão equipará cupês a partir de 2017, mas marcas garantem que características de cada modelo serão preservadas

Ford Mustang Arquirrivais há décadas, Mustang e Camaro são símbolos da indústria americana

Arquirrivais há décadas, Mustang e Camaro são símbolos da indústria americana  (/)

O que parecia impossível vai acontecer. A partir de 2017, Chevrolet Camaro e Ford Mustang devem compartilhar uma inédita transmissão automática de 10 marchas. Segundo informações da agência Automotive News, o desenvolvimento conjunto só aconteceu por contenção de custos.

“É uma surpresa para todos nós. No meu tempo éramos proibidos até de falar com qualquer pessoa da GM”, admitiu Gale Halderman, designer responsável pelo estilo da primeira geração do Mustang.

Se alguns não escondem o espanto com a decisão, o anúncio não é surpreendente para nenhuma das partes envolvidas. Anteriormente, Ford e GM já trabalharam juntas em diversos projetos, incluindo o desenvolvimento de uma transmissão de seis velocidades utilizada em modelos como os Ford Fusion e Escape e os Chevrolet Malibu e Equinox. Mas esta será a primeira vez que a cooperação envolverá os arquirrivais Camaro e Mustang.

Chevrolet Camaro ZL1 Versão superesportiva ZL1 deve estrear a caixa de 10 marchas na linha Camaro

Versão superesportiva ZL1 deve estrear a caixa de 10 marchas na linha Camaro  (/)

Pelos lados da Chevrolet, a expectativa é que o Camaro ZL1 seja o primeiro de oito modelos a ganhar a nova caixa de dez velocidades, batizada de Hydra-Matic. Do lado da Ford, a picape F-150 já foi confirmada para receber o mesmo câmbio a partir do último trimestre deste ano. Mais tarde será a vez de algumas versões do Mustang adotarem a nova transmissão na linha 2018. Procurado pela reportagem da Automotive News, um porta-voz da Ford se recusou a comentar o assunto.

Apesar disso, não espere notar semelhanças de comportamento entre Camaro e Mustang ou mesmo entre F-150 e Silverado. Isso porque, embora alguns componentes internos sejam idênticos, as duas fabricantes vão fabricar e programar suas transmissões de formas independentes, respeitando suas próprias diretrizes.“Vamos utilizar nosso próprio software de controle para assegurar que cada transmissão seja cuidadosamente combinada ao próprio DNA de cada modelo produzido por cada empresa”, garantiu Craig Renneker, engenheiro-chefe de transmissões da Ford.

No lançamento do Camaro ZL1, em março, a Chevrolet afirmou que a nova transmissão automática com conversor de torque troca as primeiras quatro marchas até 36% mais rápido do que a automatizada de dupla embreagem PDK da Porsche. Outro fator de destaque é o uso de um sistema de controle novo, que permite calibrações de desempenho projetados para diferentes tipos de veículos. Além disso, as três últimas relações contam com função overdrive – medida que também colabora para conter o consumo e reduzir a rotação do propulsor.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s