Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fiat demite temporariamente mais funcionários na Itália

Fábrica de Melfi, localizada em Basilicata, terá produção paralisada

Por Natali Chiconi Atualizado em 9 nov 2016, 12h04 - Publicado em 20 set 2012, 15h58

A Fiat aprovou, nesta quinta-feira, planos de seguir com as demissões temporárias na fábrica de Melfi, responsável pela produção do Punto. Segundo um sindicato trabalhista local, as produções serão paralisadas de 17 de outubro a 6 de novembro e novamente em 9 de novembro.

A fábrica já trabalhava em regime reduzido e, a cada cinco dias utéis, os operários da Melfi ficam dois em casa. A unidade está parada desde 14 de setembro e o fechamento vai durar até 25 de setembro.

Em um comunicado, o representante local do sindicato UGL, Giuseppe Giordano, teme um possível fechamento da fábrica, “em um momento no qual podemos enfrentar o fim da produção automotiva em nossa região”.

Segundo a agência Reuters, o presidente-executivo da Fiat, Sergio Marchionne, disse que não fechará fábricas na Itália apesar da retração do mercado doméstico.

Continua após a publicidade

Publicidade