Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

EUA: Indústria prevê falta de alumínio para as montadoras

"Boom" de veículos leves preocupa as grandes fornecedoras

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h03 - Publicado em 14 fev 2014, 14h11
detroit-2014

A Ford apresentou recentemente a nova geração da picape F-150. O grande apelo do modelo, exaltado pela própria montadora, foi a vasta utilização de alumínio em sua composição, com o objetivo de reduzir o peso final. Desde então, a indústria do alumínio tem recebido diversas consultas das principais fabricantes automotivas.

Mas, em que pese o avanço em termos de estrutura dos veículos, a ampliação do uso do alumínio é visto com preocupação por parte dessas fornecedoras. Ao menos em curto prazo, é possível não haja metal em quantidade suficiente para atender à demanda.

Representantes de duas dessas companhias, Novelis e Alcoa, falaram ao site The Detroit News sobre o atual panorama. “Não há uma grande montadora sequer que não esteja em conversação conosco”, disse Tom Boney, da Novelis. O motivo desse interesse, de acordo com Boney, foi o impacto causado pelo lançamento da nova F-150.

Quanto à Alcoa, estão sendo construídas três novas fábricas, sendo duas nos Estados Unidos e uma na Arábia Saudita. “São investimentos que estamos fazendo para poder atender à demanda, mas boa parte da capacidade adicionada já está comprometida. As montadoras sabem que será melhor falar conosco o quanto antes”, explicou Kevin Lowery, porta-voz da Alcoa.

Continua após a publicidade

Publicidade