Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Especialista dribla defeitos crônicos de Jeep, Dodge e Chrysler há 23 anos

Empresário que só atende modelos das marcas norte-americanas tem mais de 100.000 seguidores e ensina como lidar com os defeitos crônicos de cada carro

Por Isadora Carvalho Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 jan 2024, 15h31 - Publicado em 30 mar 2022, 21h58

Muita coisa mudou desde março de 2014, quando a Dr. Chrysler apareceu em reportagem sobre oficinas mecânicas que se dedicavam a apenas uma marca. A repercussão foi tamanha, que até o próprio nome da oficina mudou. E isso tem uma explicação bem simples.

O endereço é o mesmo, na na zona norte de São Paulo, e continua especializada no atendimento de modelos das marcas Chrysler, Dodge e Jeep. Mas agora é Doctor American Car. 

“Após a publicação da matéria na Quatro Rodas e também a exposição em outros veículos, fui procurado, em 2015, por um oficial de justiça, pois a marca dona da Chrysler exigia que eu me tornasse uma autorizada oficial para ter o direito de utilizar o nome”, conta Sandro dos Santos, 45 anos, sócio-proprietário da Doctor American Car. 

Doctor American Car
(Doctor American Car/Acervo pessoal)

O empresário conta que foi um susto e chegou a calcular qual seria o investimento para tornar-se uma autorizada: poderia passar dos 3 milhões de reais. “Mesmo com o bom movimento da oficina, cerca de 80 carros por mês, esse investimento era inviável e, por isso, resolvi trocar o nome e resolver a questão”, afirma.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

O nome Doctor American Car já estava registrado e o empresário teve que transformar toda a identidade visual da oficina. “Na época foi bem conturbado, mas esse nome me trouxe sorte e cresci muito mais depois dessa questão.”

Vida de influencer

Em abril de 2020, um mês após o início da pandemia, o telefone da oficina praticamente não tocou e o salão de mais de 1.000 m² ficou vazio. Diante desse cenário, Santos se reinventou.

Doctor American Car
(Doctor American Car/Acervo pessoal)

“A oficina já tinha nome e eu sempre fui requisitado como consultor de oficinas em todo o Brasil, resolvi usar isso a meu favor e criei a conta do Doctor American Car no instagram”, conta. “Já de cara comecei a publicar stories com o nome chão de oficina mostrando exatamente o dia a dia e tivemos uma repercussão enorme e também muita interação.”

View this post on Instagram

A post shared by Doctor American Car (@doctor.americancar)

Atualmente, são 114.000 seguidores e Santos salienta que o conteúdo que produz é direcionado tanto para outros reparadores quanto para os clientes. “Nos destaques ensino como agir em relação a cada luz de alerta que acende no painel desses modelos americanos e também indico cerca de 100 oficinas multimarcas que atendem em todo Brasil”, diz Santos. 

Após a empreitada, Santos se orgulha em dizer que as parcerias com marcas automotivas que faz para o seu Instagram trouxe uma nova fonte de renda, mas que tudo gira em torno da oficina. 

Principais problemas mecânicos

Há 23 anos, o empresário tem oficina especializada no atendimento de modelos produzidos pelas marcas americanas que faziam parte do Grupo Chrysler. Não à toa, sabe de cor os defeitos que podem ser considerados crônicos. 

Doctor American Car
(Doctor American Car/Acervo pessoal)

“Com o sucesso de vendas da Jeep é natural que tenhamos recebido cada vez mais modelos da marca por aqui e nos chama atenção problemas no módulo de injeção, transmissão e ABS. É sempre em SUVs com mais de cinco anos de uso”, afirma.

Continua após a publicidade

Santos acredita que esse defeito esteja relacionado com o asfalto mal conservado das cidades brasileiras e que esses módulos não foram preparados para lidar com tanto impacto.

Mas essa falha não aparece em modelos mais recentes, como Renegade e Compass, que teriam passado por uma “tropicalização” mais adequada. Mas, lembra Santos, “só o tempo irá garantir que o problema foi solucionado”. 

Outra questão constante é o defeito no trocador de calor do câmbio automático que equipa o Chrysler 300 C ou mesmo Grand Cherokee. A falha ocorre devido a uma imperfeição no resfriador, que depois de algum tempo, permite a passagem de água do sistema de arrefecimento para dentro da transmissão, causando destruição da peça.

Doctor American Car
(Doctor American Car/Acervo pessoal)

Esse, inclusive, é o mesmo defeito que donos de Renegade e Compass têm encontrado, como revela reportagem recente da seção Autodefesa

Para concluir, o empresário reclama da falta de peças com qualidade no mercado de reparação e do excesso de peças chinesas, de qualidade questionável. “Muitas vezes tenho que importar dos EUA a peça adequada, fazendo o cliente esperar até um mês pela solução do problema”, afirma. 

De olho no futuro

Doctor American Car
(Doctor American Car/Acervo pessoal)

Santos entende que os motores a combustão não são o futuro e tratou de se reinventar mais uma vez. Criou uma oficina chamada Thunder, que atenderá apenas carros elétricos. Já tem, inclusive, parceria com a BYD para atender os veículos comerciais da marca que estão em circulação. 

Continua após a publicidade

“Ainda não sabemos ao certo quando teremos apenas modelos elétricos por aqui, mas a tecnologia é uma realidade e precisamos nos adiantar, aprender sobre ela e prestar o melhor serviço possível”, conclui Santos. 

Além de carros, a oficina atenderá motos e bicicletas. A única exigência é serem movidos exclusivamente por motores elétricos: nem os híbridos serão aceitos. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.