Clique e assine com até 75% de desconto

Elation Freedom: primeiro supercarro elétrico americano terá 1.903 cv

Supercarro não tem data para ser lançado, mas deve custar cerca de 2 milhões de dólares e sua versão com motor V10 chegará a R$ 2,3 milhões

Por Isadora Carvalho Atualizado em 20 nov 2020, 14h34 - Publicado em 20 nov 2020, 01h09
Elation/Divulgação

Os superesportivos elétricos não param de dar amostras do que são capazes. Com várias motores, os Rimac C_Two, Lotus Evija e o Pininfarina Battista, conseguem se aproximar facilmente dos 2000 cv.

A Black Friday já começou na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 5,90

O trio deve ganhar um rival á altura em breve, desta vez fabricado nos Estados Unidos. O Elation Freedom, desenvolvido pela Elation Hypercars, da Califórnia, quer que sua criação se torne o primeiro supercarro elétrico norte-americano.

A versão mais potente do Freedom poderá chegar a 1.903 cv e, ainda assim, ter autonomia de 640 quilômetros por carga graças a bateria de 120 kWh.

A força será gerada por quatro motores elétricos, responsáveis por catapultar o carro aos 100 km/h em inacreditáveis 1,8 segundo e levá-lo à máxima de 418 km/h. Mesmo a versão de entrada terá absurdos 1459 cv, oriundos de três motores, e bateria de 100 kWh.

Elation/Divulgação

O projeto do Freedom prevê chassi monocoque de fibra de carbono com aproximadamente 82 kg e baterias de íon de lítio em forma de T no assoalho. Ele terá duas transmissões uma na dianteira e uma traseira de duas marchas, como no Porsche Taycan Turbo S. A suspensão seguirá o projeto dos carros da Fórmula 1.

Continua após a publicidade

A empresa não entrou em muitos detalhes, mas as renderizações sugerem que o Freedom terá um divisor frontal de fibra de carbono e saias laterais aerodinâmicas.

Também podemos ver portas do tipo “asa de gaivota” e asa traseira ativa. Já a cabine tem clara inspiração em um jato de caça e conta com painel de instrumentos digital, um console central minimalista e fibra de carbono exposta.

Elation/Divulgação

Os clientes poderão personalizar o habitáculo com couro premium e até metais e pedras preciosos.

  • A fabricante também se preocupou em oferecer uma versão com motor a combustão para aqueles que não caíram nas graças da eletrificação.  O Freedom Iconic terá motor V10 de 5,2 litros combinado com uma caixa de câmbio de dupla embreagem S-tronic de sete velocidades.

    Elation/Divulgação

    O propulsor, ao que tudo indica, será fornecido pela Audi, e terá 750 cv – o suficiente para mover o bólido da imobilidade até os 100 km/h em apenas 2,5 segundos e atingir 386 km/h de velocidade máxima. 

    Não há previsão do seu lançamento, mas se for lançado o superesportivo elétrico está avaliado em 2 milhões de dólares e, com motor V10, em 2,3 milhões de dólares.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital. 

    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade