Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Drako Dragon é SUV de 2.027 cv que busca ser o mais rápido do mundo

Hiper-SUV terá quatro motores e números absurdos de desempenho, que prometem deixar qualquer carro de série comendo poeira

Por João Vitor Ferreira
18 nov 2022, 20h03

A Drako Motors não está entre os nomes mais comuns no meio automotivo, mas nunca deixou de causar. A fabricante americana estreou há dois anos com o Drako GTE, um sedã elétrico de luxo com 1.216 cv, que buscava rivalizar com o Tesla Model S Plaid.

Agora, a empresa resolveu dar um passo além e apresentou seu primeiro SUV, que se realmente cumprir o que promete, será o carro de produção mais rápido do mundo, superando por pouco o sedã de Elon Musk.

O Drako Dragon é um SUV cupê com um design aerodinâmico e duas portas no estilo asa de gaivota. Ele pode levar até cinco passageiros, que encontrarão bastante luxo e tecnologia no interior.

Continua após a publicidade
Drako Dragon lateral
(Drako Motors/Divulgação)

Com 5,05 m de comprimento, ele é quase 10 cm maior que o Porsche Cayenne e aparenta ter um bom espaço interno. Na frente, o motorista tem acesso a uma tela multimídia de 17,1’’ e uma segunda tela digital para o painel de instrumentos. Todos os espelhos foram substituídos por câmeras e as imagens da lateral são exibidas nas extremidades do painel.

Quem viaja atrás também tem suas telas. Há um tablet visualmente grande instalado em cada encosto dos assentos dianteiros. Outro detalhe é que não há nada no console central, nem ao menos um seletor de marchas. É possível ver apenas o que parece ser um grande porta-objetos.

Continua após a publicidade
Drako Dragon porta aberta
(Drako Motors/Divulgação)

O Dragon foi desenhado por Lowie Vermeersch, junto da sua equipe do GranStudio, na Itália. A dianteira do modelo tem duas características bem marcantes: o orifício na grade e uma parte profunda bem no centro do capô. As luzes finas completam o visual agressivo do SUV.

Atrás, o caimento do teto termina em um vinco no porta-malas. O conjunto óptico também é fino e separado no centro pelo nome da marca e a assinatura do veículo, igual ao que vemos nos modelos Porsche. O para-choque rouba a cena por ser musculoso e bem alto.

Continua após a publicidade
Drako Dragon traseira
(Drako Motors/Divulgação)

Deixando a estética de lado, o que importa mesmo é o seu trem de força. O Dragon terá quatro motores elétricos, que juntos vão gerar absurdos 2.027 cv. A montadora ainda promete que o modelo terá tempo 0 a 100 km/h de aproximadamente 1,9 s, o que quebraria o recorde atual de 1,99 s — entre os carros de produção — do Model S Plaid.

Mas entre os SUVs, ele levaria a melhor facilmente. O Aston Martin DBX707 e o Porsche Cayenne GT Turbo, que atualmente são os SUVs de luxo mais velozes, fazem o 0 a 100 km/h de 3,3 s. O Tesla Model X Plaid, que detém o título entre todos os utilitários esportivos, crava cerca de 2,5 s no teste.

Drako Dragon frente
(Drako Motors/Divulgação)

A Drako também afirma que seu modelo terá uma velocidade máxima de 262 km/h e tempo de quarto-de-milha (402 m) de 9,9 s. Tudo isso pesando 2.254 kg, apenas 9 kg a mais que o DBX707. Vale ressaltar que os dados de desempenho fornecidos são estimativas da montadora e só teremos os oficiais quando o modelo chegar à produção, em meados de 2026.

Continua após a publicidade

Mesmo com toda a potência, a bateria terá alcance para 676 km (ciclo EPA) e pode suportar carregamento de até 500 kW. Sua capacidade energética, porém, segue um mistério.

Drako Dragon interior
(Drako Motors/Divulgação)

O Dragon é montado sob um monocoque de fibra de carbono, que segundo a Drako, oferece o dobro de rigidez comparado aos SUVs do mercado, enquanto economiza 50% do peso do chassi. A suspensão é adaptativa e pode variar a altura em relação ao solo entre 16,3 cm e 31,5 cm, dependendo do modo selecionado.

Continua após a publicidade

Claro, que um modelo desses deve facilmente passar a casa de um milhão de dólares, certo? Errado. A Drako já abriu as reservas para o seu SUV e o preço de tabela é de “apenas” U$ 290.000, aproximadamente R$ 1,55 milhão.

Drako Dragon interior
(Drako Motors/Divulgação)

Para efeito de comparação, o Drako GT3, com praticamente metade da potência do Dragon, custa U$ 1,25 milhão, ou R$ 6,7 milhões na cotação atual. Enquanto o DBX707, no Brasil, está custando cerca de R$ 3,65 milhões, ou U$ 239.000 nos EUA.

A montadora estima que cerca de 5.000 unidades do modelo serão fabricadas por ano. As reservas já começaram e os interessados devem pagar um sinal de U$ 500. Se o comprador optar pela ‘First Edition’, limitada em 99 unidades, o valor da reserva sobe para U$ 5.000

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.