Dodge Durango

SUV é bem equipado, mas custa caro

lancamentos lancamentos

lancamentos (/)

Se você gosta de marcas americanas e precisa de um carro maior do que o Dodge Journey, vale a pena conhecer o Durango. O utilitário esportivo traz espaço de sobra para sete pessoas, que podem desfrutar das mordomias típicas dos carrões fabricados na terra do Tio Sam.

As dimensões avantajadas do Durango (só de comprimento ele tem mais de cinco metros) já seriam suficientes para destacá-lo na multidão, mas a típica grade frontal em formato de cruz e o desenho dos faróis não deixam o carro passar despercebido por aí. Já o interior prima pela discrição, com acabamento de boa qualidade e espaço de sobra nas três fileiras de bancos. Se a última fileira for rebatida, a capacidade do porta-malas salta de 490 para 1.350 litros.

O Durango virá para o Brasil em duas versões, chamadas de Crew e Citadel. A Crew traz ar-condicionado digital com três zonas de regulagem de temperatura, bancos revestidos em couro, bancos dianteiros com regulagens elétricas, câmera de ré, sistema multimídia com tela touchscreen de 6,5 polegadas, DVD, disco rígido de 30 GB para armazenamento de músicas, rodas de liga leve de 18 polegadas, aquecimento nas duas primeiras fileiras de bancos, som com nove alto-falantes, subwoofer e amplificador de 500 Watts, Bluetooth com comandos de voz, tampa traseira com acionamento elétrico e tração integral nas quatro rodas.

A topo-de-linha Citadel oferece todos os itens da Crew mais bancos dianteiros com ventilação, faróis de xenônio com regulagens automáticas, rodas de liga leve aro 20, teto solar elétrico, tela traseira de DVD de dez polegadas com dois fones de ouvido sem fio e volante revestido em couro com aquecimento. Causa estranheza apenas a ausência de um sistema de GPS, sob a justificativa de que o software de mapas brasileiro não é suportado pelo sistema multimídia MyGIG.

Nas duas versões o Durango conta com o motor 3.6 V6 Pentastar, que entrega 286 cv, acoplado a um câmbio automático de cinco marchas com trocas sequenciais. São oito opções de cores externas e duas opções de revestimento (preto e cinza claro) na versão Crew. Na versão Citadel, a cabine pode vir totalmente em preto ou na combinação preto com bege. Os preços sugeridos são de 179.900 reais para o Durango Crew e 199.900 reais no Durango Citadel.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s