Clique e assine com até 75% de desconto

Dez segredos que a central do novo VW Nivus revela

SUV cupê derivado do Polo terá sistema multimídia inédito, desenvolvido no Brasil, com Wi-Fi, carregamento sem fio e até compras online

Por Leonardo Felix Atualizado em 15 abr 2020, 14h17 - Publicado em 14 abr 2020, 07h00
Numeramos os 10 segredinhos da central do Nivus Arte/Quatro Rodas

O Volkswagen Nivus chega em meados deste ano para ser posicionado entre Polo e T-Cross.

Seu lançamento estava previsto para maio, mas já ficou para junho e pode atrasar para o início do segundo semestre, devido a obras de adaptação da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) e, agora, à crise do novo coronavírus.

O SUV cupê deriva diretamente do hatch, com quem compartilha a plataforma MQB A0, os 2,56 m de entre-eixos e a motorização 200 TSI (1.0 turbo flex de 128 cv e 20,4 kgfm).

Além disso, herdará do Polo partes da estrutura, como colunas, portas laterais, para-brisa e teto. Por dentro, também receberá do irmão hatchback elementos como painéis (frontal e de portas) e bancos, embora com diferenças de acabamento.

Já não há mais tanto mistério a respeito do Nivus, visto que o fabricante revelou na Europa o seu visual dianteiro. Por aqui, divulgou que ele terá uma central multimídia mais moderna que a de T-Cross e Polo, desenvolvida no Brasil.

Ainda são escassas as informações sobre o sistema, mas o teaser acima permitiu a QUATRO RODAS decifrar alguns segredos. Veja a seguir:

Arte/Quatro Rodas

1. Wi-Fi a bordo: o Nivus será o primeiro Volkswagen vendido no país com internet sem fio a bordo. Resta saber se será a partir de um ponto nativo, como nos Chevrolet, ou roteando a internet de um aparelho celular.

2. Carregador por indução: smartphones compatíveis com a função poderão ter a bateria recarregada sem uso de fio no console central.

Continua após a publicidade

3. Perfil de usuário: assim como no novo Renault Duster, será possível registrar um perfil de usuário, salvando preferências que serão recuperadas pela central a cada acesso.

4. Sensores de estacionamento: este item não chega a ser revolucionário, mas a tela multimídia do Nivus indica que o alerta sonoro poderá ser desativado pela central, e não mais pelo console, como no Polo.

5. Assistente de estacionamento: já presente no T-Cross, atua em vagas paralelas ou perpendiculares, e deve ser oferecido como opcional, assim como os faróis full-led.

Arte/Quatro Rodas

6. Start-stop: o Nivus será o primeiro VW nacional equipado com o propulsor 200 TSI a contar com o dispositivo que desliga e religa automaticamente o motor em paradas breves.

7. Abertura do porta-malas: se no Polo a abertura elétrica da tampa traseira acontece ao lado da manopla de câmbio, no Nivus ela será feita pela própria central multimídia, indicando a extinção de qualquer botão físico no console central.

Arte/Quatro Rodas

8. Central de compras: esta deve ser uma das novidades mais criativas do SUV cupê. Os detalhes de seu funcionamento ainda são desconhecidos, assim como que tipo de transação poderá ser feito e como funcionarão pagamento e logística de entrega/busca.

  • 9. Ajuste de volume: tal qual o novo Duster, o Nivus terá um comando único para acessar o volume do sistema de som. Pela própria tela tátil da central, o usuário arrastará uma barra para aumentá-lo ou diminuí-lo.

    10. Cockpit digital de série: similar ao de Polo, Virtus e T-Cross, e de série nas versões Comfortline e Highline.

    Continua após a publicidade
    Publicidade